PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Audiência de conciliação para greve no transporte de São Vicente é marcada para sexta

Da Redação

O desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-SP) Valdir Florindo marcou para sexta-feira (21), √†s 14 horas, audi√™ncia virtual de instru√ß√£o e concilia√ß√£o para a greve nos √īnibus de S√£o Vicente.

O movimento come√ßou √† zero hora desta quarta-feira (19) e, logo de manh√£, o sindicato dos rodovi√°rios recebeu liminar assinada pela desembargadora plantonista Mari√Ęngela de Campos Argento Muraro.

O documento, que foi imediatamente cumprido pelos grevistas e sindicato, determina a circulação de 100% da frota nos horários de pico e de 60% nos demais períodos.

Os horários de pico são entre 6 e 9 da manhã e das 16 às 19 horas. Os motoristas e demais empregados da empresa Otrantur estão com os salários, horas extras, férias e benefícios em atraso.

Os benef√≠cios s√£o vale-refei√ß√£o, adicional de assiduidade e participa√ß√£o nos lucros ou resultados (plr). Os planos de sa√ļde e odontol√≥gico devem ser cortados por atraso de pagamento.

No início da tarde, diretores do sindicato e trabalhadores da empresa tiveram audiência com o prefeito Kaio Amado (Pode), que ficou de conversar com a contratada.

O movimento foi confirmado em assembleia na noite de terça-feira (18), com base na lei de greve (7783-1989), no sindicato, de onde os trabalhadores e sindicalistas saíram em direção à garagem.

A empresa opera com 47 veículos e 290 funcionários, sendo 130 deles motoristas. A garagem fica na Rua Frei Gaspar, 2.833, bairro Cidade Náutica, onde se revezam sindicalistas e trabalhadores.

Foto: Divulgação