PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

Kayo Amado conversa com Governo do Estado sobre alça de acesso na entrada de São Vicente

Da Redação

Uma antiga reinvindicação dos moradores de São Vicente e da região está prestes a sair do papel: a alça de acesso na entrada da cidade. A liberação para o início da construção está próxima e a obra é orçada em cerca de R$ 50 milhões. O início está previsto para o segundo semestre deste ano.

Na segunda-feira (10), a deputada federal Renata Abreu, bastante empenhada no assunto, esteve no município para conhecer de perto o local da futura obra. Em seguida, ela acompanhou o prefeito Kayo Amado em reunião no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado, onde participaram de reunião com o vice-governador Rodrigo Garcia.

Futuramente localizada na Avenida Marcolino Xavier de Carvalho, na Cidade Náutica, a estrutura visa melhorar o acesso de moradores e turistas na região. Toda a intervenção naquela área também contempla serviços de drenagem, o que deverá melhorar o escoamento das águas e minimizar as enchentes, e iluminação, melhorando a segurança para os moradores do bairro. O projeto é de responsabilidade da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP).

O prefeito Kayo Amado conta que a intermediação da deputada com o Governo do Estado foi primordial para agilizar o início da obra.

“Agradeço todo o empenho e dedicação da deputada, por essa articulação com o governo estadual que vai agilizar e definir os rumos desse projeto, melhorando e qualificando a entrada da Cidade. Há anos esse acesso na rodovia dos Imigrantes é solicitado, além das obras de drenagem e iluminação, que vão melhorar a vida dos moradores próximos e de quem precisa acessar a região por São Vicente”, disse o prefeito.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Durante a reunião, o vice-governador entendeu a importância desse novo dispositivo ligando a rodovia ao bairro e afirmou que vai empenhar esforços para viabilizar os recursos necessários para que a obra se concretize.

A deputada federal Renata Abreu ressaltou a importância da obra para o bem estar dos moradores. “São obras que têm um impacto extremamente significativo para a região. Quando ocorrem enchentes, mais de 39 mil pessoas ficam impedidas de se deslocar pelo bairro. A alça de acesso facilitará a mobilidade de todos”, finalizou a deputada.

Crédito da foto: Divulgação Prefeitura de São Vicente