PUBLICIDADE

Regi√£o / Economia

Governo de SP suspende fase vermelha nos fins de semana

Da Redação

O governador de S√£o Paulo Jo√£o Doria anunciou nesta quarta-feira (3) a suspens√£o de restri√ß√Ķes tempor√°rias do plano de flexibiliza√ß√£o econ√īmica do governo do Estado, o Plano SP. Portanto, nestes s√°bado (6) e domingo (7), prefeituras de regi√Ķes na etapa laranja, como a Baixada Santista, poder√£o liberar atendimento presencial em com√©rcios e servi√ßos n√£o essenciais, das 6 √†s 20 horas, durante todo o final de semana e tamb√©m nos dias √ļteis.

‚ÄúTivemos, felizmente, queda no n√ļmero de interna√ß√Ķes tanto em leitos prim√°rios como os de UTI, o que nos permite suspender a decis√£o de fechamento de atividades econ√īmicas j√° neste final de semana‚ÄĚ. A redu√ß√£o de hospitaliza√ß√Ķes por Covid-19 foi de 11%. ‚ÄúIsto, por√©m, n√£o deve compreender falta de cuidado e de aten√ß√£o para que as pessoas estejam protegidas, assim como funcion√°rios dos estabelecimentos‚ÄĚ, justificou Doria.

A decis√£o beneficia, al√©m dos munic√≠pios da Baixada Santista, Grande S√£o Paulo e regi√Ķes de Ara√ßatuba, Araraquara, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Registro, S√£o Jo√£o da Boa Vista e S√£o Jos√© do Rio Preto e Sorocaba.

Na etapa laranja, academias, sal√Ķes de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concession√°rias, escrit√≥rios podem funcionar por at√© oito horas di√°rias, com atendimento presencial limitado a 40% da capacidade, com in√≠cio √†s 6h e encerramento √†s 20h. Os parques tamb√©m est√£o liberados nesta fase. O consumo local em bares est√° totalmente proibido.

A venda de bebidas alco√≥licas em lojas de conveni√™ncia s√≥ pode ocorrer entre 6h e 20h. Somente a partir da fase verde, a mais branda, √© que essa comercializa√ß√£o poder√° voltar a ser feita sem restri√ß√Ķes.

A fase vermelha só permite serviços como farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria. Bares, restaurantes, lojas de rua, shoppings e demais atividades não essenciais só podem atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativos.

A reclassificação do Plano SP está prevista para sexta (5), com vigência a partir da próxima segunda (8). De acordo com a classificação atual, 82% da população do estado está na fase laranja, e 18% na etapa vermelha.

Foto da capa: Divulgação/Governo de São Paulo