PUBLICIDADE

Região / Polícia

Dois homens morrem em confronto com a polícia no Guarujá e Operação Verão chega a 53 mortos

O caso ocorreu na tarde de segunda-feira (25), por volta de 14h, na Rua Uruguai, no bairro Enseada.

 

Foto: Reprodução

Da redação

Dois homens, ainda não identificados, morreram durante confronto com policiais militares militares na tarde de segunda-feira (25), por volta de 14h, na Rua Uruguai, no bairro Enseada, em Guarujá. Com isso, a Operação Verão chegou a 53 mortos.

De acordo com a Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica de S√£o Paulo (SSP), policiais militares realizavam uma opera√ß√£o no local, quando viram um homem se escondendo dentro de uma casa. Ao se aproximarem os PMs foram recebidos a tiros por dois criminosos. Houve troca de tiros, eles foram atingidos e morreram no local.

Conforme o órgão estadual, foram apreendidas duas pistolas 9mm, maconha e balanças de precisão. O caso foi registrado como tráfico de drogas, tentativa de homicídio, morte decorrente de intervenção policial e legítima defesa na Delegacia do Guarujá.
A per√≠cia foi acionada e todas as circunst√Ęncias relativas aos fatos ser√£o apuradas.

3¬į fase da Opera√ß√£o Ver√£o

Durante a Opera√ß√£o Ver√£o na Baixada Santista, iniciativa voltada ao combate √† criminalidade e a garantia da seguran√ßa da popula√ß√£o, 1.010 suspeitos foram presos, incluindo 407 procurados pela Justi√ßa. Al√©m disso, foram apreendidos 948 quilos de drogas e 111 armas ilegais, incluindo fuzis de uso restrito. At√© o momento, 53 pessoas morreram em confronto com a pol√≠cia. Segundo a SSP, todos os casos de mortes em confronto s√£o rigorosamente investigados pela Pol√≠cia Civil e Militar, com acompanhamento do Minist√©rio P√ļblico e Poder Judici√°rio.

A a√ß√£o policial foi desencadeada no dia 18 de dezembro do ano passado. Por√©m, a 2¬į e 3¬į fase dela, que desencadeou um grande refor√ßo policial, aconteceram ap√≥s a morte do soldado da Rota, Samuel Wesley Cosmo, no dia 2 de fevereiro, em Santos. Ka√≠que Coutinho do Nascimento, conhecido como ‚ÄúChip‚ÄĚ, de 21 anos, foi preso em Uberl√Ęndia, Minas Gerais, e √© acusado de matar o agente.