PUBLICIDADE

Região / Polícia

Homem acusado de matar a ex-companheira é encontrado embaixo da cama dos pais em Cubatão

Ele estava há 10 meses foragido. A vítima morreu com dois tiros no dia 27 de abril de 2023, em uma farmácia na Avenida Martins Fontes, na Vila Nova. 

 

 

Foto: Reprodução 

Da redação 

Um homem, de 36 anos, que estava foragido há dez meses, acusado de matar a ex-companheira em uma farmácia, em Cubatão, foi preso. O caso ocorreu no dia 27 de abril de 2023, na Avenida Martins Fontes, no bairro Vila Nova. 

A vítima, Ana Flávia Pereira Oliveira, tinha 42 anos, estava trabalhando como balconista e foi baleada duas vezes, na cabeça e ombro esquerdo. Desde então, Felipe Alves de Souza Lima, de 36, estava foragido e teve a prisão temporária decretada pelo Poder Judiciário. 

Conforme as autoridades policiais, a delegada, Dra. Mayla Ferreira Hadid, representou pela decreta√ß√£o da pris√£o cautelar e pelo mandado de busca e apreens√£o. O primeiro endere√ßo que foi visitado foi um apartamento no bairro Gonzaguinha, na cidade de S√£o Vicente. No local, foram apreendidos um celular e itens eletr√īnicos pertencentes ao suspeito e atual companheira. O im√≥vel n√£o tinha ningu√©m.¬†

Felipe foi encontrado no início da tarde desta terça-feira (27), no segundo endereço, na Vila Nova, em frente ao local do crime, debaixo da cama dos pais. 

O caso 

Foto: Reprodução

De acordo com a apuração, a mulher trabalhou há mais de 15 anos no estabelecimento e teve um relacionamento amoroso com o homem, que também trabalhou no comércio, como segurança. 

Ele estava tentando reatar com a vítima, que já estava casada e com uma filha.  Felipe não aceitava o fim do relacionamento e incomodava Ana Flávia, insistindo pela volta. Um dia antes do crime, em 26 de abril, ele foi até a casa da mãe da vítima, com a intenção de mostrar um suposto vídeo íntimo com a mulher e aguardava o marido da recepcionista.  Ela, então, falou que iria até à delegacia registrar Boletim de Ocorrência.

No dia seguinte, ele atirou na mulher. Ana Fl√°via deixou filha e marido. O caso foi registrado no 3¬ļ Distrito Policial (DP) de Cubat√£o.¬†