PUBLICIDADE

2.0 - REGIÃO

Um novo ambiente de negócios pede novas estratégias, por Alberto Claro

Na coluna da √ļltima semana falamos sobre como adotarmos uma nova mentalidade positiva, perante um cen√°rio de incertezas, usando a transforma√ß√£o digital para isso. Hoje refletiremos sobre como um novo ambiente pede novas estrat√©gias.

As empresas que sobrevivem são aquelas que transcendem estes tempos caóticos.

Todos estamos vivendo momentos de apreens√£o e diferentes n√≠veis de empatia entre as pessoas. Precisamos nos conectar em busca de solu√ß√Ķes que ajudem a todos. Como voc√™ se conecta com algu√©m … como vender para algu√©m … em um ambiente anormal e in√©dito como o que vivemos hoje?

Você diria …

‚ÄúComo posso ajud√°-lo agora?‚ÄĚ
‚ÄúComo minha empresa pode atend√™-lo neste momento?‚ÄĚ
‚ÄúComo podemos ajud√°-lo durante esta perda?‚ÄĚ

… porque h√° v√°rias situa√ß√Ķes dif√≠ceis acontecendo e √©, praticamente, imposs√≠vel n√£o prestar aten√ß√£o a isso.

Re-enquadramento e relev√Ęncia

Neste momento √© fundamental rever desde as suas estrat√©gias de neg√≥cio e de posicionamento de marca, principalmente digital, at√© as suas ofertas. Todas as coisas que fizemos para os nossos clientes ao longo do tempo e que eram as nossas principais compet√™ncias e habilidades, podem n√£o ser mais relevantes nem hoje nem no ‚Äúnovo normal‚ÄĚ (cen√°rio futuro p√≥s-pandemia).

Eu tenho que repensar o que faço, as minhas principais competências e como ser relevante para as pessoas neste momento de crise. Todos nós precisamos considerar essas realidades.

A prioridade agora

Algumas empresas est√£o crescendo nesta crise. As √°reas de sa√ļde, limpeza e alimenta√ß√£o industrializada, provavelmente, mais dos que as outras. Mas se voc√™ est√° lutando como a maioria de n√≥s, qual √© a estrat√©gia de neg√≥cios mais adequada agora?

A estratégia de negócios agora

N√≥s temos uma escolha a fazer. N√≥s podemos ser gananciosos e oportunistas, ou podemos faz√™-lo de uma forma que seja embasada no cuidar e centrada no ser humano, com compaix√£o e que atenda aos anseios dos nossos clientes neste momento. Isso √© o que as pessoas v√£o se lembrar no ‚Äúnovo normal‚ÄĚ.¬†Como voc√™ pode ser mais relevante para a sociedade?

Se voc√™ quiser sobreviver, ser mais forte e ser um l√≠der quando as coisas virarem, voc√™ tem que demonstrar que neste momento √© um bom gestor. N√≥s estamos em uma crise e pode ser a maior das nossas vidas. Isso inclui cortar nossos custos, guardar o nosso dinheiro, reavaliar nossos produtos e servi√ßos e, principalmente, reposicionarmos a nossa marca. Estamos tomando decis√Ķes angustiantes a todo o instante.

Precisamos, tamb√©m, pensar muito cuidadosamente sobre o uso das ferramentas de marketing. A literatura da √°rea mostra que as empresas que prosperam e sobrevivem nas crises investem mais em marketing. Isso tem sido visto em diferentes recess√Ķes j√° vividas. Obviamente, nunca vi nada como o que vivemos agora. Mas se voc√™ tem um modelo de neg√≥cio que √© verdadeiramente relevante agora, talvez seja a hora de repensar os seus investimentos nessa √°rea. N√£o de uma forma gananciosa, mas de uma forma que seja sens√≠vel e apropriada √† situa√ß√£o que vivemos.

Parte da estratégia de sobrevivência é nós termos que tratar as pessoas de uma forma que vá permitir que a lealdade seja a longo prazo, ajudando-as a passar por tudo isso. Lute para permitir lealdade eterna agora. Faça a coisa certa, mesmo que doa (mais).

Devemos oferecer descontos como uma estratégia de negócio neste momento?

Temos que ter cuidado com a promoção de produtos e serviços agora de uma forma que pareça oportunista. As pessoas estão em crise e as empresas têm de conhecer esta realidade e não podem fechar os olhos ao que vivemos em sua comunicação. As pessoas vão querer um desconto ou um cupom neste momento se eles estão tentando encontrar comida ou remédios as para suas famílias. Se alinhe a esse contexto.

As mensagens padronizadas

As empresas precisam ser mais humanas do que nunca. Do ponto de vista de comunicação, abandone as mensagens padronizadas, comunique-se com bondade e empatia, o que significa dizer a verdade (aliás, algo que deveria ser dito sempre).  Uma das coisas importantes que podemos fazer agora é usar humor (e bom senso). Há uma série de benefícios físicos e psicológicos positivos ao se usar o humor na comunicação de marca.

Para finalizar, posso dizer que a sua estratégia de negócios neste momento precisa ser incrivelmente emocionante e inteligente e, realmente, se preocupar com os seus clientes no contexto que se apresenta neste momento. Afinal, a maioria de nós está abraçada no caos.

Comente sobre os assuntos aqui tratados, compartilhe e nos envie as sugest√Ķes de temas e conte√ļdo!

Prof. Alberto Claro
Doutor em Comunicação Social
Professor de Administração da UNIFESP РUniversidade Federal de São Paulo
Diretor de Comunicação (voluntário) da Casa da Esperança de Santos
Palestrante nacional e internacional na área de Administração, Comunicação e Marketing
http://www.instagram.com/profalbertoclaro
Blog https://www.albertoclaro.pro.br/