PUBLICIDADE

1.0 - SANTOS

Portuários da Codesp aceitam prorrogar acordo coletivo por mais um mês e suspendem greve

Sindaport
Portuários da Codesp aceitam prorrogar acordo coletivo por mais um mês e suspendem greve

Com o objetivo de priorizar a negocia√ß√£o, os portu√°rios aceitaram a proposta da Codesp em prorrogar o atual acordo coletivo por mais um m√™s, at√© 31 de julho, e suspenderam a greve prevista para amanh√£, dia 26. A data base da categoria √© 1¬į de junho.

‚ÄúA Codesp encaminhou documento ao SINDICATO propondo a prorroga√ß√£o do atual acordo coletivo, sem preju√≠zo das conquistas da categoria, por mais um m√™s. Vamos dar esse voto de confian√ßa. Espero que neste m√™s de julho a gente consiga negociar e finalizar a Campanha Salarial‚ÄĚ, afirma o presidente do SINDAPORT, Everandy Cirino dos Santos.

Com a prorrogação do acordo coletivo, a Codesp afirma, no documento enviado ao SINDICATO, que será criado Grupo de Trabalho Paritário para discutir a possibilidade de implantação de turno de 12 horas para as áreas operacionais, entre outras cláusulas.

Segundo Everandy Cirino, essa ser√° a segunda vez que a categoria aceita suspender a greve. ‚ÄúEstamos mostrando para a diretoria da Codesp e para o Governo que estamos abertos √† negocia√ß√£o. E a paralisa√ß√£o √© a nossa √ļltima alternativa. Com a prorroga√ß√£o do acordo coletivo, todas as cl√°usulas s√£o mantidas e todos os benef√≠cios continuam sendo pagos da mesma forma at√© 31 de julho‚ÄĚ, explica o presidente do SINDICATO.

Durante o m√™s de julho, Everandy Cirino ressalta que vai expor mais uma vez para a Codesp as principais reivindica√ß√Ķes da categoria que s√£o a manuten√ß√£o integral de todas as cl√°usulas do atual Acordo Coletivo de Trabalho e o reajuste salarial de acordo com o √≠ndice total da infla√ß√£o do per√≠odo.