PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Em Santos, fiscalização do lockdown aborda 248 veículos e 216 pessoas

Da Redação

Santos teve mais uma vez um intenso trabalho de fiscalização para garantir as medidas restritivas do lockdown, nesta sexta-feira (2). Dessa vez, duas barreiras sanitárias foram montadas na Entrada da Cidade, uma no bairro do Saboó e a outra em Caruara. No total, 248 veículos foram abordados e sete precisaram retornar para o local de origem por não comprovarem a necessidade de entrar no Município.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Nas ruas, a Guarda Civil Metropolitana (GCM) orientou 208 pessoas, sendo 166 por estarem circulando em via pública, 27 por adentrarem a faixa de areia da praia, 12 por estarem usando de forma incorreta a máscara, uma por estar com animal na orla e duas pessoas em situação de risco.

Além disso, oito pessoas foram multadas no valor de R$ 300 reais por se recusarem a usar a máscara e outras três, também no valor de R$ 300 reais, por transitarem em via pública fora do horário permitido.

Comércio

No comércio, o trabalho de fiscalização foi realizado pela Secretaria de Finanças, com o apoio da GCM. Foram averiguadas 21 denúncias, que resultaram apenas em orientações, não sendo necessária nenhuma intimação ou multa.

Quem descumprir as regras do período de lockdown fica sujeito a multas que variam de R$ 300 a R$ 10 mil. O Artigo 268 do Código Penal estabelece como crime o ato de infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa. Este crime é passível de multa (estabelecida pela Justiça) e detenção de um mês a um ano.

Denúncias

Munícipes podem denunciar irregularidades pelos telefones 153 (GCM), 162 (Ouvidoria) e 190 (PM).

Fotos: Isabela Carrari/PMS