PUBLICIDADE

Santos / Cotidiano

Fiscalização do lockdown em Santos multa 19 pessoas e comércios

Da Redação

A fiscalização para garantir as medidas de combate à Covid-19 em Santos resultou nesta quinta-feira (1) em 19 autuações, sendo 11 dirigidas a comércios e oito a pessoas que não estavam usando máscara.

Nas ações direcionadas ao comércio, as equipes de fiscalização receberam 16 denúncias que resultaram em quatro multas e sete intimações. Entre as multas aplicadas, duas são referentes a estacionamentos que estavam funcionando, no Centro. Uma das autuações feitas pela Secretaria Municipal de Finanças (Sefin) foi a um pet shop, que estava funcionando sem alvará.

Oito pessoas foram autuadas pelas equipes da Guarda Civil Municipal (GCM) por não estarem usando máscara, e receberam multa de R$ 300,00.

Orientação

Outras 62 pessoas apenas receberam orientação, por parte da Guarda Civil Municipal, pelo uso incorreto da máscara ou por estarem transitando indevidamente na orla ou em horário não autorizado.

Munícipes podem denunciar irregularidades pelos telefones 153 (GCM), 162 (Ouvidoria) e 190 (Polícia Militar).

Cem pessoas foram multadas na primeira semana do lockdown

Na primeira semana do lockdown (23 a 30 de março), a equipe de fiscalização da Guarda Civil Municipal (GCM) aplicou 65 multas, no valor de R$300, por descumprimento do uso de máscara. Outras 35 foram autuadas, também no valor de R$ 300, por circulação indevida na orla ou em horário não autorizado.

Ainda neste período, 779 pessoas foram abordadas e orientadas pela GCM, sendo 570 por estarem circulando nos jardins ou na orla da praia e outras 209 com relação ao uso correto das máscaras.

Quanto ao comércio, a fiscalização feita pela Secretaria Municipal de Finanças, com o apoio da GCM, resultou na intimação de 19 estabelecimentos. Outros dez foram multados por desrespeitar as restrições e outros dois por irregularidades, sendo um por estar sem alvará e o outro por estar sem o documento exposto.