PUBLICIDADE

Santos / Polícia

Laudo pericial confirma: bala perdida que atingiu Edneia Silva saiu da arma de PM

A morte de Edneia Fernandes Silva, 31 anos, atingida em março deste ano por uma bala perdida na cabeça, durante patrulhamento de PMs na região da Praça José Lamacchia, bairro Bom Retiro, em Santos, volta a ser debatida. Isso porque o laudo da Polícia Técnica Científica aponta que o disparo da arma que a atingiu foi de um policial militar.

Em nota a Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica confirma esta informa√ß√£o e acrescenta: ‚ÄúA autoridade policial recebeu o laudo pericial, o qual atestou que a muni√ß√£o que acertou a v√≠tima partiu da arma de um PM. Deste modo, o IPM ser√° relatado e encaminhado √† Justi√ßa Militar, com o entendimento de pr√°tica de homic√≠dio culposo. O agente permanecer√° afastado at√© o t√©rmino de toda a fase processual‚ÄĚ.

O caso ‚Äď a mulher foi baleada na cabe√ßa, v√≠tima de bala perdida, durante um confronto policial. Na ocasi√£o, policiais militares patrulhavam a regi√£o da Pra√ßa Jos√© Lamacchia, em Santos, quando viram dois homens em uma moto em alta velocidade que ignoraram a ordem de parada dos policiais e atiraram cinco vezes contra a equipe, que interveio. Ela foi atingida e socorrida por populares √† Upa Zona Noroeste e, posteriormente, transferida para Santa Casa, mas n√£o resistiu. Os criminosos conseguiram fugir. A motocicleta utilizada foi apreendida.

De acordo com a SSP o caso é rigorosamente investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios de Santos e pela Polícia Militar, por meio de Inquérito Policial Militar.