PUBLICIDADE

Santos / Polícia

Polícia Civil prende dupla transportando mais de 100 quilos de cobre em Santos

Da Redação

Policiais do 2¬ļ Distrito Policial de Santos apreenderam mais de 100 quilos de cobres furtados em Santos que eram transportados em um caminh√£o ba√ļ. As investiga√ß√Ķes em curso objetivavam identificar os respons√°veis por uma s√©rie de furtos ocorridos na cidade, que resultaram em preju√≠zos as pessoas e prefeitura municipal.

Os policiais civis descobriram que um caminh√£o ba√ļ era utilizado para transportar o cobre, barras e port√Ķes de alum√≠nio furtados de resid√™ncias e estabelecimentos p√ļblicos. Desse modo, os investigadores passaram a monitorar o ve√≠culo, sendo abordado e revistado na tarde de ontem (17) ao ser identificado descendo o morro Monte Serrat carregado.

O motorista (56 anos) e ajudante ( 29 anos) foram indagados sobre a proced√™ncia do material encontrado no ba√ļ. Ambos n√£o souberam explicar a origem dos metais. Os policiais civis deram voz de pris√£o em flagrante √† dupla pelo crime de recepta√ß√£o. Em virtude da pena prevista para o crime, coube a autoridade policial arbitrar fian√ßa de dois sal√°rios m√≠nimos, a qual foi paga pelos investigados.

As dilig√™ncias de campo e pesquisas dos bancos de intelig√™ncias policial permanecem a fim de identificar todos os respons√°veis por essas subtra√ß√Ķes e aquisi√ß√£o il√≠cita desses materiais.

Orla de Santos

Cinco torres de ilumina√ß√£o da faixa de areia, instaladas no trecho entre o canal 3 e a Pra√ßa das Bandeiras, voltaram a funcionar nesta sexta-feira (17), ap√≥s a reinstala√ß√£o, por parte da Secretaria de Servi√ßos P√ļblicos (Seserp), dos cabos de energia, que haviam sido furtados.

Os serviços tiveram início neste trecho da orla, pois neste local as torres apresentaram menor comprometimento da infraestrutura, conforme explicaram o secretário Wagner Ramos e o engenheiro eletricista Paulo Aguina, que acompanharam a reativação do sistema.

No início da próxima semana, será assinado contrato emergencial com a empresa RT Energia e Serviços, que se responsabilizará pela segunda etapa dos serviços, ou seja, a recuperação das torres instaladas na faixa de areia, entre a Praça das Bandeiras e a divisa com São Vicente.

A reativação do sistema de iluminação dos demais trechos da faixa de areia será feita em etapas e depende da realização dos serviços de recuperação da infraestrutura e da instalação de dispositivos de proteção para coibir o furto dos novos cabos elétricos.

Somente ap√≥s a instala√ß√£o dos cabos de abastecimento de energia √© poss√≠vel avaliar as condi√ß√Ķes dos seis projetores de luz, cada um com 2 mil watts de vapor met√°lico, existentes em cada torre.

‚ÄúAlguns reatores foram danificados e houve casos em que os cabos se romperem dentro do projetor, quando foram arrancados‚ÄĚ, explicou o secret√°rio. No ano passado, prosseguiu, o preju√≠zo aos cofres p√ļblicos decorrente do furto de fia√ß√£o foi de R$ 450 mil. ‚ÄúEste ano, at√© agosto, o valor chegou a R$ 1,2 milh√£o.‚ÄĚ

Para coibir os atos de vandalismo, a Seserp iniciou a instala√ß√£o de grade antifurto em torno da parte inferior das torres, de forma a dificultar a escalada dos ladr√Ķes. A grade √© formada por lan√ßas de ferro, com as pontas direcionadas para baixo.