PUBLICIDADE

Brasil / Economia

FecomercioSP estima prejuízo de R$ 3,7 bi nas vendas do Dia das Mães

Previsão considera a queda nas vendas devido à quarentena

 

A Federa√ß√£o do Com√©rcio de Bens, Servi√ßos e Turismo do Estado de S√£o Paulo (FecomercioSP) estima um preju√≠zo de R$ 3,7 bilh√Ķes no com√©rcio paulista na semana do Dia das M√£es. A previs√£o considera a queda nas vendas devido √† quarentena decorrente da pandemia da covid-19, com grande parte dos estabelecimentos comerciais de portas fechadas. Para o m√™s, a estimativa √© que as perdas atinjam R$ 19,3 bilh√Ķes, uma queda de 31% na compara√ß√£o com maio do ano passado.

Para calcular a redu√ß√£o de vendas na semana da data comemorativa, a federa√ß√£o contabilizou o desempenho de cinco segmentos que costumam registrar altas nesse per√≠odo: lojas de m√≥veis e decora√ß√£o (-92%); eletrodom√©sticos, eletr√īnicos e lojas de departamento (-82%); lojas de vestu√°rio e cal√ßados (-72%); supermercados (-14%); farm√°cias e perfumarias (-3%).

A estimativa da entidade considerou as vendas que ser√£o realizadas por delivery, internet e outros meios alternativos. No entanto, a FecomercioSP acredita que todos os setores sofrer√£o baixa durante todo o m√™s de maio: lojas de m√≥veis e decora√ß√£o (-91%); concession√°rias de ve√≠culos (-78%); autope√ßas e acess√≥rios (-63%); eletrodom√©sticos, eletr√īnicos e lojas de departamento (-63%); lojas de vestu√°rio e cal√ßados (-62%); materiais de constru√ß√£o (-15%); outras atividades (-15%); supermercados (-13%); e farm√°cias e perfumarias (-12%).

Para a entidade, ‚Äúesse per√≠odo de crise ter√° reflexos econ√īmicos profundos, que v√£o dificultar a retomada das atividades em padr√Ķes adequados no m√©dio prazo. Por outro lado, o n√≠vel de consumo da popula√ß√£o reflete n√£o apenas o lucro das empresas, mas tamb√©m mede a qualidade de vida e bem-estar dos consumidores‚ÄĚ.

A orienta√ß√£o da federa√ß√£o aos empres√°rios √© que busquem alternativas para manter a liquidez e o fluxo de caixa. ‚ÄúPara isso, pode-se fazer um levantamento de estoque, diminuir a margem de lucro e realizar promo√ß√Ķes. Buscar canais de vendas alternativos √© fundamental, grandes marketplaces t√™m aberto espa√ßo para pequenas empresas. Pequenos comerciantes tamb√©m podem se juntar para compartilhar mailings e mercadorias por consigna√ß√£o‚ÄĚ, recomenda a entidade.

Segundo a federação, outra opção viável é que os vendedores atuem remotamente por meio de chats online, além de disponibilizar vouchers com descontos atrativos para consumo posterior.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil