POLÍCIAREGIÃO 

Uma embarcação e duas toneladas e duzentos quilos de camarão sete-barbas foram apreendidos em Mongaguá por policiais militares da CIAMAR, a Quinta Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima do 3°BPAmb, na quinta-feira (7).

Os policiais faziam patrulhamento marítimo quando surpreenderam os tripulantes da embarcação pesqueira que faziam arrasto de camarão no interior Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro (APAMLC), setor Carijó. Ainda foram apreendidos quatro portas (petrecho utilizado na pesca), duas redes de arrasto.

Durante a fiscalização foi constatado que dois dos três tripulantes a bordo da embarcação de Santa Catarina estavam irregulares. Um deles estava com a Carteira de Pescador Profissional fora da validade e o outro não possuía tal documento, contrariando a legislação vigente.

“A ocorrência durou mais de oito horas, num processo complexo entre escolta e descarga do pescado e resultou também em dois Autos de Infração Ambiental por “Pescar sem a respectiva autorização do órgão ambiental competente”, com base no art. 38 da resolução SMA 48/14, totalizando R$ 178.800,00 em multas”, informou a Polícia Militar Ambiental em nota.

O pescado foi doado para dez instituições beneficentes da Baixada Santista.

Denúncias podem ser feitas pelo telefone (13) 3348-4774

saiba antes via instagram @revistamaissantos