PUBLICIDADE

- INVISÍVEL

Imprensa internacional destaca protestos contra o governo

Os protestos deste domingo (16) contra o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) ganharam destaque na imprensa internacional. Jornais da França, Espanha e Estados Unidos repercutem os atos que mobilizam manifestantes em diversas cidades do país.

O francês Le Monde cita a baixa popularidade da presidente e o escândalo na Petrobras, que “mina o governo de centro-esquerda do país”. Outro periódico francês, o Libération destacou: “A presidente de esquerda em meio a tripé de crise econômica, política e corrupção”.

lemonde

Destaque no jornal Le Monde

O espanhol El País fez uma ampla reportagem sobre o novo protesto organizado pelos movimentos contrários ao governo da presidente Dilma. O site do jornal informa, no entanto, que as manifestações de agosto são menores do que as realizadas em março e em abril deste ano. No dia 15 de março, mais de 1 milhão de pessoas foram à Paulista, segundo estimativa da Polícia Militar – o instituto Datafolha contabilizou pouco mais de 200 000 manifestantes. Em 12 de abril, novo ato levou 200 000 pessoas para as ruas segundo a PM. Outro jornal espanhol, El Mundo, afirma que os protestos “põe à prova a legitimidade da presidente”.

elpais

Página do periódico espanhol El País

Um dos mais importantes veículos de comunicação dos Estados Unidos, o Washington Post publicou texto intitulado “Protestos anti-governo varrem o Brasil”, no qual explica aos seus leitores como as mobilizações deste domingo servem como barômetro do descontentamento com  Dilma. Segundo o Post, analistas políticos dizem que o comparecimento em massa nos atos deste domingo poderia determinar o futuro do movimento. “Enormes multidões poderiam aumentar a pressão sobre o governo, enquanto participação anêmica daria espaço para Dilma respirar”, diz o texto.

elmundo

El Mundo, também da Espanha, destacou os protestos deste domingo