PUBLICIDADE

Brasil / Economia

Caged: Brasil gera 309 mil empregos formais em junho

Da Agência Brasil

O Brasil gerou 309.114 postos de trabalho em junho deste ano, resultado de 1.601.001 admiss√Ķes e de 1.291.887 desligamentos de empregos com carteira assinada. No acumulado de 2021, o saldo positivo √© de 1.536.717 novos trabalhadores no mercado formal. Os dados s√£o do Minist√©rio da Economia, que divulgou hoje (29) as Estat√≠sticas Mensais do Emprego Formal, o Novo Caged.

O estoque de empregos formais no país, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, chegou a 40.899.685, em junho, o que representa uma variação de 0,76% em relação ao mês anterior.

De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, √© a primeira vez desde a crise de 2015 que o pa√≠s ultrapassa o patamar de mais de 40 milh√Ķes de postos formais de trabalho. Ele acredita que a retomada da economia brasileira e o retorno seguro ao trabalho continuar√£o em ritmo acelerado com o avan√ßo da vacina√ß√£o da popula√ß√£o contra covid-19, em especial nos setores de servi√ßos e com√©rcio, os mais afetados pelas medidas de enfrentamento √† crise sanit√°ria.

A próxima divulgação do Caged já deve acontecer sob o comando do ministro Onyx Lorenzoni, que vai assumir o Ministério do Trabalho e Previdência, que está sendo recriado. Guedes destacou que a equipe da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, que hoje está na Economia, seguirá o trabalho na nova pasta.

Segundo ele, o foco ser√° a gera√ß√£o de oportunidades de trabalho aos jovens e formaliza√ß√£o de cerca de 38 milh√Ķes de trabalhadores informais que hoje recebem o aux√≠lio emergencial do governo. Em breve, ainda de acordo com Guedes, ser√£o lan√ßados novos programas, como o servi√ßo social volunt√°rio e os b√īnus de inclus√£o produtiva (BIP) e de incentivo √† qualifica√ß√£o profissional (BIQ).

‚ÄúTememos muito o efeito cicatriz, que √© a mutila√ß√£o de uma gera√ß√£o em fun√ß√£o de uma pandemia dessa, j√° no setor educacional, j√° temos esse receio no setor educacional. E queremos, ent√£o, acelerar a absor√ß√£o desses jovens, seja com treinamento de qualifica√ß√£o profissional, seja com servi√ßo social volunt√°rio para que eles se preparem para o mercado formal de trabalho‚ÄĚ, disse o ministro, durante coletiva virtual para divulgar os dados do Caged.

A expectativa √© que o BIP e o BIQ gerem cerca de 2 milh√Ķes de empregos para jovens de 16 a 22 anos. As vagas dever√£o ser de meia jornada de trabalho, com b√īnus de meio sal√°rio m√≠nino. Parte do b√īnus, o BIP, ser√° pago inicialmente com dinheiro p√ļblico e depois com recursos do Sistema S, e a outra parte, o BIQ, pago pelo empregador.

Dados do emprego

No m√™s passado, os dados apresentaram saldo positivo no n√≠vel de emprego nos cinco grupamentos de atividades econ√īmicas: servi√ßos, com a cria√ß√£o de 125.713 postos, distribu√≠dos principalmente nas atividades de informa√ß√£o, comunica√ß√£o e atividades financeiras, imobili√°rias, profissionais e administrativas; com√©rcio, que criou 72.877 novos empregos; ind√ļstria geral, saldo positivo de 50.145 postos, concentrados na ind√ļstria de transforma√ß√£o; agricultura, pecu√°ria, produ√ß√£o florestal, pesca e aquicultura, mais 38.005 postos de trabalho gerados; e constru√ß√£o, que registrou 22.460 novos trabalhadores.

Todas as regi√Ķes do pa√≠s tiveram saldo positivo na gera√ß√£o de emprego, sendo que houve aumento de trabalho formal nas 27 unidades da Federa√ß√£o. Em termos relativos, dos estados com maior varia√ß√£o em rela√ß√£o ao estoque do m√™s anterior, os destaques s√£o para o Piau√≠, com a abertura de 4.597 postos, aumento de 1,5%; Alagoas que criou 4.651 novas vagas (1,36%); e Maranh√£o, com saldo positivo de 6.745 postos (1,31%).

Os estados com menor variação relativa de empregos em junho, em relação a maio, são Rio Grande do Sul, que teve criação de 11.446 postos, aumento de 0,44%; Bahia, com saldo positivo de 7.604, alta de 0,43%; e Sergipe, que encerrou o mês passado com mais 1.107 postos de trabalho formal, crescimento de apenas 0,41%.

Em todo o país, o salário médio de admissão em junho de 2021 foi de R$ 1.806,29. Comparado ao mês anterior, houve redução real de R$ 1,59 no salário médio de admissão, uma variação negativa de 0,09%.

As estat√≠sticas completas do Novo Caged est√£o dispon√≠veis na p√°gina do Minist√©rio da Economia. Os dados tamb√©m podem ser consultados no Painel de Informa√ß√Ķes do Novo Caged.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil