PUBLICIDADE

Internacional

Diego Armando Maradona morre aos 60 anos

Da Redação

Morreu nesta quarta-feira (25) Diego Armando Maradona um dos maiores gênios da história do futebol. Ele sofreu uma parada cardiorrespiratória no fim desta manhã. Sua morte foi confirmada por veículos de comunicação da Argentina no início da tarde.

No início deste mês, dias depois de completar 60 anos (30 de outubro), Maradona havia sido internado às pressas. Na ocasião, foi descoberta uma hemorragia no cérebro. Ele passou por cirurgia e recebeu alta no último dia 12. Desde então, estaria repousando em casa.

O maior craque de todos os tempos após a Era Pelé iniciou a carreira em 1976, pelo Argentinos Juniors. Mas viveu seu auge nos anos 80, defendendo Boca Juniors, Barcelona (Espanha) e Napoli (Itália).

Mas foi pela seleção argentina que Maradona alcançou o status de mito, conquistando a Copa do Mundo de 1986, no México. Foi nesse Mundial que ele marcou um dos gols mais bonitos da história do futebol, quando driblou meio time da Inglaterra.

Entrou em decadência nos anos 90, principalmente após a Copa de 1994, nos Estados Unidos, quando acabou suspenso por doping.

Nessa década o astro iniciou a carreira como treinador. Dirigiu a seleção argentina na Copa de 2010, na África do Sul. Não teve êxito em nenhum trabalho nesse cargo. O último foi pelo Gimnasia de La Plata, da Argentina, entre 2019 e 2020.

Foto: Arquivo