PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Chuvas e rajadas de vento provocam estragos na Baixada Santista

Da Redação

As chuvas e rajadas de vento registradas na noite de segunda-feira (16) e madrugada desta terça (17) provocaram estragos em várias cidades da Baixada Santista. Houve registros de casas destelhadas, quedas de árvores e deslizamentos.

 - REVISTA MAIS SANTOSEm Santos, a a Prefeitura informa que os ventos chegaram a 124 km/h, provocando queda de várias árvores e destelhamento de cerca de 15 moradias no Vale Verde (Morro Santa Maria). Os técnicos da Defesa Civil conversaram com ocupantes de 10 moradias, orientando quanto às medidas de segurança. As outras moradias já estavam vazias.

Ainda de acordo com a Administração Municipal, foram atendidas, também, ocorrências de queda de árvores sobre moradias, como na Rua das Pedras, Vale Verde e Rua 1 do Morro Santa Maria. Os morros Caneleira e Santa Maria chegaram a ficar sem eletricidade. Uma nova avaliação vai ser feita nos locais das ocorrências ainda pela manhã.

Foram observadas, ainda, quedas de √°rvores de grande porte que o obstru√≠ram vias p√ļblicas e derrubaram rede el√©trica, em v√°rios bairros da cidade. Equipes da prefeitura foram acionadas para o corte emergencial dessas √°rvores de grande porte. - REVISTA MAIS SANTOS

Sobre as chuvas, o √≠ndice pluviom√©trico das √ļltimas 72 horas em Santos √© de 40,2 mm. O acumulado do m√™s √© de 120,8 mm. Os morros est√£o em estado de observa√ß√£o.

S√£o Vicente
Por meio da Defesa Civil, a Prefeitura informou que algumas ruas e avenidas dos bairros Catiapoã, Guassu, Vila Fátima, Jóquei, Náutica e Vila Margarida apresentaram pontos de alagamento enquanto chovia, com rápido escoamento.

De acordo com a Secretaria de Tr√Ęnsito e Transportes, n√£o houve necessidade de interdi√ß√£o dessas vias para o tr√°fego de ve√≠culos.

A Defesa Civil tamb√©m informou que, entre as 21 horas de segunda-feira e 6 horas de ter√ßa, choveu 23,2mm. O √≠ndice pluviom√©trico acumulado das √ļltimas 72 horas √© de 40,2mm. O n√≠vel vigente √© de observa√ß√£o.

Apesar disso, até o momento, não há registro de ocorrências nos morros da cidade devido às chuvas.

Peruíbe
 - REVISTA MAIS SANTOSA Defesa Civil do munic√≠pio relatou a queda de 16 √°rvores na Estrada do Guara√ļ, que ainda ficou bloqueada das 3h30 √†s 4h10 horas por causa do deslizamento de uma pedra de 150 kg. Al√©m disso, outras √°rvores ca√≠ram pela cidade.

A secretaria também informou o índice acumulado de chuvas de três bairros da cidade. No Stella Maris, 38mm (acumulado 72h Р58mm); no Jardim Veneza, 3,39mm (72h Р9,59mm); e no Parque do Trevo, 10,24mm (72h Р30,45mm).

Mongagu√°
O balan√ßo preliminar da Defesa Civil indica que foram registradas 35 ocorr√™ncias de quedas de √°rvores, al√©m da quebra de telhas e toldos em alguns pr√©dios p√ļblicos e im√≥veis particulares. N√£o h√° registro de v√≠timas nem pessoas desabrigadas.

Ainda de acordo com a Prefeitura, o √≠ndice pluviom√©trico acumulado foi de 58.73mm, nas √ļltimas 24 horas. Equipes de Servi√ßos Externos e Obras P√ļblicas est√£o percorrendo os bairros para identificar os problemas que exigem solu√ß√Ķes mais urgentes.

Cubat√£o
A Defesa Civil informou não haver registros de ocorrências. O índice pluviométrico é de 31,2mm na região da encosta e 20,2mm na região central.

Bertioga
A Prefeitura informou que n√£o foi registrada nenhuma solicita√ß√£o de emerg√™ncia. O vento variou com rajadas de 15 km/h. O √≠ndice de chuvas nas √ļltimas 24 horas √© de 20mm.

Guaruj√°
A Defesa Civil informou n√£o ter havido registro de ocorr√™ncias. A velocidade m√°xima do vento foi de 82,2 km/h, medida √† 1h34. O acumulado das chuvas das √ļltimas 24 horas foi de 27,3mm (27,3mm nas √ļltimas 72h).

O portal Mais Santos entrou em contato com as demais prefeituras e ainda aguarda retorno. A reportagem ser√° atualizada conforme elas forem respondendo.

Foto: Reprodução e Divulgação/Prefeitura de Peruíbe