PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Cubatão estuda convênio para implantação da Casa da Juventude

Da Redação

A Prefeitura de Cubat√£o deve firmar conv√™nio com o Governo do Estado para implantar na Cidade um centro de difus√£o cultural e de forma√ß√£o profissional, a Casa da Juventude. A unidade, que promover√° a√ß√Ķes de incentivo √† qualifica√ß√£o, ao empreendedorismo e √† busca de oportunidades de emprego e renda, estimular√° a cria√ß√£o de novos projetos e neg√≥cios entre o p√ļblico juvenil por interm√©dio de trabalho colaborativo.

A informa√ß√£o foi divulgada pelo secret√°rio de Comunica√ß√£o de Cubat√£o, Guilherme Amaral Belo Nogueira, que participou do lan√ßamento do programa pelo governador Jo√£o D√≥ria, na Capital, na tarde da √ļltima ter√ßa-feira (4). Com o engajamento dos munic√≠pios, o Estado investir√° R$ 20 milh√Ķes na cria√ß√£o desses espa√ßos em diversas regi√Ķes.

“Foi com imenso prazer que participei do lan√ßamento do novo programa do Governo do Estado para os jovens”, afirmou Nogueira, destacando que cada unidade oferecer√° espa√ßos multiuso de apoio ao p√ļblico em in√≠cio da vida profissional. “Sabemos que h√° muito a fazer, e pleitearei, sob o comando do prefeito Ademario Oliveria, a chegada desse programa em nosso Munic√≠pio”.

Nogueira destacou que Cubat√£o foi uma das 50 cidades, dentre os 645 munic√≠pios do Estado, a receber o t√≠tulo de Cidade Amiga do jovem. “Nosso Munic√≠pio se faz presente no Governo do Estado. O di√°logo √© pe√ßa fundamental para o desenvolvimento”.

Convênio

O projeto, gerenciado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Estado, contar√° com a participa√ß√£o das secretarias de Desenvolvimento Econ√īmico; Cultura e Economia Criativa; e Habita√ß√£o, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). A pasta de Desenvolvimento Regional articular√° com as prefeituras e formalizar√° conv√™nios para a cria√ß√£o dos espa√ßos.

As cidades interessadas em aderir devem, obrigatoriamente, contar com um Conselho Municipal de Juventude e ter popula√ß√£o menor que 150 mil habitantes, como √© o caso de Cubat√£o. As prefeituras indicar√£o o terreno e ficar√£o respons√°veis pela aquisi√ß√£o de m√≥veis e demais equipamentos. J√° o Estado financiar√° as edifica√ß√Ķes com 240m¬≤ de √°rea constru√≠da em estrutura met√°lica e alvenaria. O prazo m√©dio para a entrega de cada unidade √© de oito meses.

Investimento

O governador Jo√£o D√≥ria, durante o evento, enalteceu que o projeto ajudar√° jovens na busca por oportunidades de emprego e renda com a√ß√Ķes voltadas √† qualifica√ß√£o profissional, economia criativa, empreendedorismo e conviv√™ncia.

Além de cursos, a Casa da Juventude incentivará o coworking com área projetada especificamente para o trabalho colaborativo, garantindo que os jovens possam desenvolver projetos empresariais em diversos setores.

“Estamos assinando hoje R$ 20 milh√Ķes de investimentos para as Casas da Juventude que ser√£o implantadas a partir de agora em todo o Estado”, anunciou D√≥ria. “√Č S√£o Paulo trabalhando pelos jovens, pela juventude e pela transforma√ß√£o”.

O vice-governador, Rodrigo Garcia, frisou que, ao alcan√ßar o equil√≠brio das contas, fruto de decis√Ķes dif√≠ceis tomadas desde o in√≠cio da gest√£o, hoje o Estado se encontra em situa√ß√£o confort√°vel para celebrar o futuro. “A Casa da Juventude reflete o esp√≠rito deste Governo, que √© o da inova√ß√£o, do emprego, de olhar para os jovens”.

Oportunidade

O secret√°rio de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, disse que cada unidade ser√° o escrit√≥rio do jovem no Estado. “O coworking √© uma iniciativa nova e um espa√ßo com a estrutura necess√°ria para que empresas e profissionais independentes e, principalmente, jovens em in√≠cio de carreira, possam trabalhar a inova√ß√£o, a criatividade, a troca de experi√™ncias e fortalecer contatos. Os jovens s√£o empreendedores por natureza”.

Para a qualificação profissional, o Estado oferecerá as modalidades Expresso e Estágio do Novotec, com cursos técnicos e profissionalizantes gratuitos, além de um ambiente para desenvolvimento de modelos de negócios sustentáveis e startups. As Casas da Juventude também serão unidades acadêmicas e operacionais para atividades presenciais de cursos oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp).

Além disso, cada unidade apresentará aos participantes um conjunto de negócios baseados em capital cultural e criatividade empreendedora. Oferecerá formação em economia criativa e práticas de transformação digital, além de cursos com metodologia apropriada para o ensino de robótica, tecnologias da informação e aplicadas a design, animação e games, entre outros.

Levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Regional aponta que h√° cerca de 10 milh√Ķes de jovens de 15 a 29 anos no Estado, o que equivale a 22% da popula√ß√£o. J√° no Brasil, a popula√ß√£o jovem √© de 48 milh√Ķes, 28% dos habitantes.