PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Cubat√£o: v√≠timas do inc√™ndio na Vila Esperan√ßa recebem doa√ß√Ķes da comunidade

Da Redação

Com a mobilização entre funcionários de diversos escritórios brasileiros da armadora alemã Hapag-Lloyd, para oferecer cestas de alimentos, produtos de higiene e limpeza, água mineral, doces e biscoitos, agasalhos, roupas para bebê, produtos de puericultura e muitos outros itens, foi possível ao Fundo Social de Solidariedade de Cubatão organizar nessa terça-feira (20), no Parque Anilinas, mais um atendimento especial às famílias vitimadas pelo incêndio ocorrido no dia 2 de julho na Vila Esperança.

Como explicaram Patr√≠cia Moura e Miguel Maio, que arrecadaram as doa√ß√Ķes entre os funcion√°rios de Santos da Hapag-Lloyd, tamb√©m as representa√ß√Ķes da armadora em outros pontos do Brasil contribu√≠ram nessa campanha interna.

Para fazer a entrega dos produtos às famílias prejudicadas pelo incêndio, procuraram uma instituição séria para fazer essa triagem, entrando assim em contato com o Fundo Social de Solidariedade, que recebeu os produtos doados no sábado, dia 17.

A essa significativa doação foram, assim, acrescentadas mantas doadas no dia 16 pela Concessionária Ecovias dos Imigrantes, em razão da onda de frio reinante.

Como foi explicado no ato de entrega dos produtos, ocorrido no dia 20 no v√£o t√©rreo do Centro Multim√≠dia do Parque Anilinas, na presen√ßa de representantes dos doadores, os funcion√°rios que organizaram a doa√ß√£o fazem parte de um grupo de 13.300 colaboradores da empresa, espalhados por 395 escrit√≥rios situados em 131 pa√≠ses. A Hapag-Lloyd, sediada em Hamburgo, na Alemanha, opera 241 navios no transporte do equivalente a quase 12 milh√Ķes de cont√™ineres por ano, entre portos de todo o mundo.

As 29 famílias já haviam sido atendidas no dia seguinte ao incêndio com roupas, agasalhos, brinquedos e outros produtos, sendo o trabalho complementado dois dias depois com artigos infantis, cestas de alimentos, produtos de limpeza. Como explicaram várias delas, agora é o tempo da reconstrução: as famílias que perderam suas residências estão reconstruindo as moradias, momento em que a principal necessidade passa a ser de móveis residenciais em bom estado e eletrodomésticos em funcionamento na voltagem 220 V.

Campanhas

O Fundo Social de Solidariedade vem recebendo as doa√ß√Ķes direcionadas n√£o apenas a essas pessoas, mas tamb√©m √†s demais fam√≠lias cubatenses em situa√ß√£o de vulnerabilidade social. Cubat√£o tem mais de sete mil fam√≠lias inscritas no Cadastro √önico (Cad√önico) de Benef√≠cios Sociais, do Governo Federal, que necessitam do apoio da comunidade regional com alimentos n√£o perec√≠veis, agasalhos e outros itens.

Por isso, est√£o em curso duas campanhas principais: a de doa√ß√£o de alimentos nos postos de vacina√ß√£o montados pela Secretaria da Sa√ļde, e a de doa√ß√£o de agasalhos em estado de novo, higienizados. Estes agasalhos podem ser entregues no posto central de coleta, instalado na sede do Fundo Social de Solidariedade (final da Rua Assembleia de Deus, s/n¬ļ, Parque Anilinas, no Centro); no Hospital Municipal de Cubat√£o, com apoio da Funda√ß√£o S√£o Francisco Xavier; e ainda em caixas coletoras instaladas nos supermercados Krill do Parque S√£o Luiz (Av. Joaquim Jorge Peralta, 166) e da Vila Nova (Av. Martins Fontes, 1101), bem como na empresa Atol Utilidades (Av. Brasil, 183, Jardim Casqueiro).

Para mais informa√ß√Ķes e doa√ß√Ķes por empresas, tanto de agasalhos e cobertores como de cestas b√°sicas e alimentos avulsos, o Fundo Social disponibiliza seu Disque Solidariedade, pelos telefones 3362-4701 e 3372-5949. Tamb√©m est√£o dispon√≠veis os endere√ßos de correio eletr√īnico fundosocialcbt@gmail.com e fundosocial@cubatao.sp.gov.br.

Foto: Thiago Barbosa/Divulgação Prefeitura Municipal de Cubatão