PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

Liminar do TRT põe 70% dos ônibus em circulação em Cubatão

Da Redação

Cumprindo liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), os motoristas da Viação Fênix em greve decidiram colocar em circulação 70% da frota nos períodos das 6 às 9 e das 16 às 19 horas em Cubatão. A liminar da Justiça do Trabalho, expedida na tarde desta segunda-feira (8), diz que, nos demais horários, devem circular 50% dos 34 carros que normalmente servem a cidade.

A greve começou na madrugada desta segunda-feira e prosseguirá, nos próximos dias, com base na liminar. Na quarta-feira (10), haverá audiência virtual de instrução e conciliação do TRT.

De acordo com a empresa, a greve se deu por razões pertinentes à classe trabalhadora, no que tange a não concessão de reajuste salarial pleiteado pela entidade, da qual a empresa afirma que restou impossibilitada de conceder visto o desequilíbrio do contrato de concessão firmado com o município.

Apesar de a liminar estabelecer o percentual de 70%, o sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de Santos e região orientou a categoria a operar 100% dos 11 ônibus escolares. “Para não prejudicar as crianças e jovens estudantes, os companheiros aceitaram nossa sugestão”, diz o vice-presidente do sindicato, José Alberto Torres Simões ‘Betinho’. A greve foi decretada na quinta-feira (4) porque a empresa não cumpriu o reajuste aprovado pela categoria e não pagou pendências salariais.

Segundo Betinho, a empresa não quitou, em 25 de outubro, como combinou com o sindicato, as parcelas do reajuste salarial de 7,59% retroativas à data-base de maio. Em reunião com a prefeitura e o sindicato, em 6 de outubro, a direção da Fênix comprometeu-se com o pagamento em cinco parcelas do reajuste retroativo à data base de maio.

A liminar foi cumprida já no final da tarde, quando 24 ônibus saíram da garagem para atender as 12 linhas da cidade. Nos horários normais, circulam 17 veículos.