PUBLICIDADE

Regi√£o / Cotidiano

Prefeituras da Baixada Santista antecipam chegada do inverno e se mobilizam para aquecer quem precisa

Da Redação

Com um outono t√£o rigoroso, as prefeituras da Baixada Santista anteciparam a realiza√ß√£o de campanhas e a√ß√Ķes voltadas aos moradores de rua e pessoas em vulnerabilidade social. Saiba o que cada cidade tem feito para minimizar os efeitos do frio. Apenas Peru√≠be n√£o respondeu em tempo aos questionamentos da reportagem.

SANTOS

O Munic√≠pio antecipou a Campanha do Agasalho e tamb√©m a Opera√ß√£o Baixas Temperaturas com a intensifica√ß√£o das abordagens e sensibiliza√ß√£o √†s pessoas que est√£o em situa√ß√£o de rua, amplia√ß√£o de 250 para 350 vagas nos abrigos municipais. Ser√£o mais de 50 pontos de arrecada√ß√£o entre os j√° dispon√≠veis e novas ades√Ķes. Entre os postos para doa√ß√£o est√£o o Fundo Social, equipamentos ligados √†s secretarias de Desenvolvimento Social (Seds) e Sa√ļde (SMS) como policl√≠nicas, unidades de pronto atendimento (UPAs) e postos de vacina√ß√£o, al√©m de estabelecimentos comerciais e escolas da rede particular.

As doa√ß√Ķes ser√£o encaminhadas √†s 107 entidades assistenciais cadastradas no Fundo, a pessoas em situa√ß√£o de vulnerabilidade social e servi√ßos de atendimento √† popula√ß√£o em situa√ß√£o de rua.

O Município de Santos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Seds), conta com uma coordenadoria específica para a gestão dos serviços voltados às pessoas que vivem nas ruas, trata-se da Coordenação de Atenção Social à População em Situação de Rua (COPROS-POP). Por meio desta Coordenadoria a Seds realiza o serviço de abordagem social, onde as equipes atuam em locais de maior concentração de pessoas em situação de rua e buscam construir vínculos de confiança, assim como orientar e ofertar encaminhamento aos demais serviços da rede. Grande parte dos encaminhamentos são direcionados ao Serviço Especializado para Pessoas em Situação de Rua, que funciona no Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua (Centro POP), com oferta de banho, lanche, atendimento com assistentes sociais e psicólogos, oficinas, grupos e atividades diversas, dentre outros serviços e encaminhamentos. O serviço funciona de segunda a sexta e durante os finais de semana. A equipe pode ser acionada através do telefone 153.

Atualmente Santos conta com cinco servi√ßos de acolhimento institucional voltados a esse p√ļblico, sendo eles a Seacolhe-AIF, Albergue Noturno, Casa √äxodo, Seabrigo-AIF e Casa das Anas. Al√©m disso, o Munic√≠pio oferta os seguintes servi√ßos: Rec√Ęmbio Qualificado: Realiza o rec√Ęmbio qualificado para a cidade de origem daqueles que manifestam desejo em retornar. A oferta √© feita na perspectiva da sa√≠da da condi√ß√£o de rua, atrav√©s do retorno √† fam√≠lia e comunidade.

Consult√≥rio na rua: O Consult√≥rio na Rua foi institu√≠do pela Pol√≠tica Nacional de Aten√ß√£o B√°sica, em 2011, e visa ampliar o acesso da popula√ß√£o em situa√ß√£o de rua aos servi√ßos de sa√ļde, ofertando, aten√ß√£o integral √† sa√ļde desse grupo que se encontra em condi√ß√£o de vulnerabilidade extrema.

SÃO VICENTE

A segunda edi√ß√£o da campanha ‘Abra√ßo Quente’, promovida pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS-SV), visa atender pessoas em situa√ß√£o de vulnerabilidade, por meio de arrecada√ß√£o de cobertores, roupas e agasalhos. S√£o mais de 30 postos de entrega de doa√ß√Ķes espalhados por toda a Cidade. Saiba quais s√£o esses endere√ßos no site da prefeitura: www.saovicente.sp.gov.br

PRAIA GRANDE

O Munic√≠pio de Praia Grande oferece diversos servi√ßos para a popula√ß√£o em situa√ß√£o de rua. S√£o eles, o Abrigo Solid√°rio Eliane Malzoni, onde podem pernoitar, tomar banho e fazer refei√ß√Ķes; o Centro Pop, onde recebem alimenta√ß√£o, acesso a higiene, encaminhamento para confec√ß√£o¬† de documentos e retorno para a fam√≠lia; A Casa de Estar, onde podem¬† morar durante um per√≠odo para que possam se reestruturar social e financeiramente.

O Abrigo Solid√°rio e o Centro Pop fica na Avenida Ministro Marcos Freire, n¬ļ 6.650, no Bairro Quietude, em Praia Grande. A Casa de Estar fica na Rua Maria Martins Batista, n¬ļ 456, no Bairro Vila S√īnia.

O Munic√≠pio conta ainda com o servi√ßo de Abordagem Social, que¬† percorre as ruas oferecendo ajuda aos que est√£o nesta situa√ß√£o. O¬† telefone para informa√ß√Ķes da Abordagem Social √© 3496-5054.

CUBATÃO

O Fundo Social de Solidariedade recebe doa√ß√Ķes de cobertores e roupas de frio. O posto central de arrecada√ß√£o est√° situado nas instala√ß√Ķes do Fundo Social no Parque Anilinas ‚Äď final da Rua Assembleia de Deus, 435, Centro ‚Äď, com atendimento das 9 √†s 11h30 e das 13h30 √†s 16h30, de segunda a sexta-feira.¬† Empresas e entidades que desejem fazer doa√ß√Ķes mais volumosas podem manter contato pelos telefones (13) 3362-4700, ramal 1 (ou 3362-4701) e 3372-5949, e ainda pelo endere√ßo de correio eletr√īnico fundosocial@cubatao.sp.gov.br. H√° ainda outros pontos de arrecada√ß√£o na cidade: Prefeitura Municipal de Cubat√£o (sagu√£o) – Pra√ßa dos Emancipadores, s/n¬ļ, Centro; Atol Utilidades – Av. Brasil, 181-183 ‚Äď Jardim Casqueiro; Droga Raia – Pra√ßa Frei Dami√£o, 296, Vila Nova; IFSP ‚Äď Instituto Federal de Educa√ß√£o, Ci√™ncia e Tecnologia de S√£o Paulo – Rua Maria Cristina, 50, Jardim Casqueiro; Supermercado Krill – Av. Joaquim Jorge Peralta, 166 ‚Äď Parque S√£o Lu√≠s; e Supermercado Krill – Av. Martins Fontes, 1101 ‚Äď Vila Nova

Sobre acolhimento de pessoas em situação de rua, a cidade de Cubatão possui dois abrigos. A Casa do Recomeço, que recebe apenas homens, há 10 vagas; já a Casa Abraço abriga homens, mulheres e famílias e tem 30 vagas. Com as baixas temperaturas, a Secretaria de Assistência Social (Semas) fechou parceria com a Casa da Divina Misericórdia contando com mais 20 vagas para pernoite. Todas funcionam das 19h às 7h onde as pessoas podem se alimentar, tomar banho e pernoitar.

Para ser atendido em qualquer uma das casas, √© necess√°rio ir at√© o Centro Pop da cidade onde as pessoas podem fazer a higiene pessoal e passar por atendimento com assistente social. Tamb√©m s√£o orientadas no procedimento para inclus√£o do nome no Cad√önico ou renova√ß√£o dos documentos pessoais. O Centro fica aberto das 8h √†s 19h na Rua Dr. Fernando Costa, 1004, Vila Couto. No local n√£o √© oferecido alimenta√ß√£o, entretanto, √© disponibilizado um cart√£o que d√° direito √† alimenta√ß√£o no ‘Bom Prato’.

De acordo com a Semas, a cidade possui 105 pessoas em situação de rua referenciadas.

Ao ver uma pessoa em situa√ß√£o de rua em sofrimento causado pelo frio, com risco de hipotermia, altera√ß√£o do n√≠vel de consci√™ncia, desmaio, n√°useas, tremores ou dificuldades respirat√≥rias, o mun√≠cipe pode entrar em contato com o Samu, pelo n√ļmero 192, ou Centro Pop, pelo n√ļmero 3375-2967. Tamb√©m √© poss√≠vel ajudar doando roupas, cal√ßados, toalhas de banho, cobertores e len√ß√≥is.

Por conta da queda de temperatura na regi√£o, a Secretaria Municipal de Assist√™ncia Social (Semas) adiantou para maio a Opera√ß√£o Acolher e Aquecer, que j√° ocorreu nos dias frios do ano passado, em parceria com a Associa√ß√£o da Divina Miseric√≥rdia ‚Äď mantenedora da Casa de Ema√ļs, que abriga popula√ß√£o em situa√ß√£o de rua.

O objetivo é ofertar, em caráter emergencial e extraordinário, o acolhimento em modalidade de pernoite para as pessoas em situação de rua no município. A equipe de Abordagem da Semas realiza busca ativa por toda a cidade.

GUARUJ√Ā

O Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Guarujá conta com a Campanha do Agasalho 2022. O FSS realiza arrecadação o ano todo, mas no inverno a ação é intensificada.

Há arrecadação de cobertores e agasalhos em bom estado e limpos. São cerca de 20 postos de coleta, espalhados em pontos estratégicos do Município. Os munícipes também podem entregar a doação diretamente no Fundo Social, que fica na Rua Cavalheiro Nami Jafet, 549, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 13 às 17 horas.

O FSS montou em sua sede um varal solidário com roupas, sapatos e acessórios, onde as pessoas podem escolher o que precisam.

A Secretaria de Desenvolvimento e Assist√™ncia Social (Sedeas) de Guaruj√° intensificou a abordagem social de rua durante o per√≠odo de baixas temperaturas. Guaruj√° possui a Unidade de Acolhimento Jos√© Calherani, tamb√©m conhecido como Albergue Municipal (Rua Manoel Otero Rodrigues, 389 ‚Äď Jardim Boa Esperan√ßa), em Vicente de Carvalho.

O horário de funcionamento da Unidade, que era das 8 às 18 horas, foi ampliado, desde o mês passado, até a meia noite para atender aqueles que precisarem. Atualmente, a unidade tem capacidade para atender 40 usurários, podendo ser ofertada mais 20 vagas.

O local oferta alimenta√ß√£o, vestu√°rio, higieniza√ß√£o e atendimento social, realizando estudo de cada caso e procedendo com os encaminhamentos necess√°rios, sejam eles para √°rea da sa√ļde, documenta√ß√£o, entre outros.

Al√©m disso, com a inten√ß√£o de construir um processo de sa√≠da definitiva das ruas, √© disponibilizada a op√ß√£o do rec√Ęmbio, com o custeio de passagens rodovi√°rias para quem tem fam√≠lia fora do Munic√≠pio. A popula√ß√£o pode solicitar o Servi√ßo de Abordagem Social pelo telefone (13) 3384-2756.

BERTIOGA

A Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda intensificou o acolhimento e distribui√ß√£o de cobertores √†s pessoas em situa√ß√£o de rua, desde o dia 18 do √ļltimo m√™s.

Por conta das baixas temperaturas, as a√ß√Ķes de abordagem social e acolhimento acontecem at√© as 22 horas, na Casa de Passagem, localizada na Rua Aprovada, 200, no bairro Ch√°caras. Al√©m disso, realiza plant√Ķes de emerg√™ncia articulados para melhorar a abordagem e recep√ß√£o dessas pessoas durante os dias de frio severo.

A Prefeitura também ampliou o atendimento na Casa de Passagem, onde, atualmente, são assistidas 42 pessoas em situação de rua. Em razão da forte frente fria, o local conta com mais 30 vagas emergenciais. Durante esses dias, serão entregues cobertores para os hospedados e para os indivíduos que optarem por não pernoitar na casa de acolhimento.

D√ļvidas ou mais informa√ß√Ķes podem ser sanadas atrav√©s do n√ļmero (13) 3319-8290.

Desde o dia 18 de maio, o Fundo Social de Solidariedade de Bertioga disponibilizou 11 postos de arrecada√ß√£o por diversos bairros da Cidade. A campanha busca arrecadar agasalhos, roupas, cobertores e mantas. Os itens doados devem estar em boas condi√ß√Ķes, para que possam ser distribu√≠dos para pessoas em situa√ß√£o de vulnerabilidade.

MONGAGU√Ā

Com a diminuição da temperatura, a Prefeitura de Mongaguá, por intermédio da Diretoria de Assistência Social (DAS), iniciou, no dia 31 de maio, das 19h às 07h, o acolhimento para a população em situação de rua. A iniciativa está sendo realizada no PAC do Vila Operária, na Rua Washington Luís, 832, que passou recentemente por reforma.

No local, est√£o sendo disponibilizados kits de higiene, banho com √°gua quente, al√©m de lanche noturno e caf√© da manh√£. As equipes percorrem todo o munic√≠pio, numa busca ativa, a fim de orientar o p√ļblico-alvo, garantindo que o atendimento chegasse a todos. Mais informa√ß√Ķes podem ser obtidas pelo telefone da DAS (13) 3507-1074.

Além disso, o Fundo Social realizará, no sábado (25), o Pedágio Solidário 2022, para arrecadar cobertores, meias, gorros e demais itens de inverno.

A a√ß√£o ser√° realizada das 9h √†s 12h, no Gin√°sio Jacoz√£o (Avenida S√£o Paulo, 1.800 – Centro). O objetivo √© centralizar as doa√ß√Ķes, como um ‚ÄėDia D‚Äô. Na pr√°tica, quem passar pelo local poder√° trocar as doa√ß√Ķes por um adesivo para carro ou moto com a frase #MONGAGUA‚ô•, alusivo ao marco tur√≠stico da Cidade. A Cidade tamb√©m est√° arrecadando itens de invernos e novelos de l√£, em diversos pr√©dios p√ļblicos e na sede do Fundo Social, ao lado do Conselho Tutelar (Rua Porto Alegre, 81, Centro), das 9h √†s 11h e das 13h √†s 16h, o telefone para contato √© o (13) 3507-1016.

ITANHA√ČM

Com o intuito de estar preparado para atender a popula√ß√£o em situa√ß√£o de vulnerabilidade neste per√≠odo de baixas temperaturas, o Fundo Social de Solidariedade de Itanha√©m realiza durante todo o ano, uma ampla arrecada√ß√£o de cobertores para garantir o atendimento deste p√ļblico.

A arrecada√ß√£o de cobertores novos est√° sendo realizada, neste primeiro momento, diretamente na sede do Fundo Social de Solidariedade, localizado na Rua Cunha Moreira, 61, no Centro. A Campanha Inverno Solid√°rio 2022 j√° se encontra em andamento dando um grande refor√ßo para essas a√ß√Ķes.

Paralelo a isso, o Fundo Social, também realizou a entrega de sacos de dormir térmicos e cobertores ao Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), que foram distribuídos à população em situação de rua.

Foto: Arquivo