PUBLICIDADE

Região / Educação

Alunas trocam chutes e pux√Ķes de cabelo dentro de escola de Praia Grande

Da Redação

A escola deveria servir de local para a educa√ß√£o. Mas n√£o √© o que vem acontecendo nos √ļltimos tempos, com o retorno das aulas presenciais. A intoler√Ęncia tem gerado cenas de viol√™ncia que tomam conta das escolas. Em Praia Grande, mais um epis√≥dio lament√°vel aconteceu envolvendo duas alunas. Elas trocaram chutes e pux√Ķes de cabelo. Enquanto isso, os outros estudantes, ao inv√©s de parar, incentivaram as agress√Ķes.

O caso aconteceu na terça-feira (10) na Escola Estadual Jardim Bopeva, bairro Cidade Ocian. As imagens mostram as duas adolescentes, discutindo e rodeadas por outros jovens, que incitaram a briga.

Depois de um tempo discutindo verbalmente, uma das jovens come√ßa a agress√£o dando um empurr√£o. A outra reage dando socos e assim aluta corporal come√ßa com direito a chutes e pux√Ķes de cabelo. Alguns estudantes que estavam no p√°tio da escola seguram as adolescentes para tentar conter a briga.

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) repudia qualquer forma de agressão e alega que a escola disponibiliza atendimento psicológico aos alunos, com autorização dos responsáveis.

Confira na íntegra

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) lamenta o ocorrido e repudia qualquer forma de agressão e de incitação à violência dentro ou fora das escolas. Os responsáveis pelas estudantes foram chamados à escola para uma reunião de mediação e esclarecimentos quanto as medidas restaurativas que preservem o direito à Educação.

A escola coloca à disposição das estudantes o atendimento pelo Programa Psicólogos na Educação, se autorizado por seus responsáveis.

A Seduc-SP conta com o Programa de Melhoria da Conviv√™ncia e Prote√ß√£o Escolar (Conviva SP) composto por projetos e a√ß√Ķes articuladas para cultura de paz nas unidades. O caso foi inserido na Plataforma Conviva SP – Placon, que acompanha o registro de ocorr√™ncias escolares na rede estadual de ensino.

Foto: Reprodução Praia Grande Mil Grau