PUBLICIDADE

Região / Educação

Com grupos reduzidos de alunos, escolas de SV retomam atividade presencial

Da Redação

O dia 7 de junho foi marcante para milhares de alunos e as centenas de professores da rede municipal de São Vicente. Após 14 meses de espera, o primeiro passo para o retorno às aulas foi dado nesta segunda-feira.
Neste momento inicial, as escolas realizam um atendimento di√°rio para, no m√°ximo, cinco alunos por sala, com 90 minutos de aula.

‚ÄúCada unidade verificou as necessidades das crian√ßas sem acesso √† internet ou com alguma situa√ß√£o de vulnerabilidade social para esse retorno √† escola‚ÄĚ, destacou a secret√°ria de educa√ß√£o, N√≠vea Costa Marsili.

Além da parte pedagógica, são seguidos os protocolos de distanciamento e higienização, com álcool gel disponível e uso obrigatório de máscara, tanto por parte dos alunos como também dos professores e funcionários.

Com aulas presencias suspensas desde mar√ßo de 2020 devido √† pandemia, a rede de ensino de S√£o Vicente anunciou em maio o plano de atendimento a alunos, de forma gradual e segura. O decreto 5552-A disp√Ķes sobre os crit√©rios adotados.

Entre 31 de maio e 2 de junho, cada unidade traçou um planejamento para, a partir de 7 de junho, receber pequenos grupos de estudantes.

O atendimento prioriza os mais vulner√°veis (que estejam em processo de alfabetiza√ß√£o; com maior defasagem de aprendizagem; com dificuldade de acesso √† tecnologia ou sem recursos apropriados para estudar de forma remota; que necessitem de alimenta√ß√£o escolar; e cuja sa√ļde emocional estiver sob risco acentuado).

As aulas presenciais são ministradas pelos professores pertencentes ao grupo de vacinação contra a Covid-19, o que representa mais de 40% do quadro de educadores. Os demais, ainda não incluídos no perfil definido pelo Plano Estadual de Imunização, permanecem trabalhando remotamente.

Etapa seguinte 

Ap√≥s o recesso escolar (de 12 a 23 de julho), a Secretaria de Educa√ß√£o (Seduc) prepara o in√≠cio de uma nova etapa no segundo semestre, a partir de 26 de julho, com atividades h√≠bridas, seguindo um modelo de atendimento para cada fase de ensino e sempre com o cumprimento dos protocolos sanit√°rios. O n√ļmero m√°ximo de alunos ser√° de acordo com o espa√ßo f√≠sico, seguindo os crit√©rios do Plano S√£o Paulo. A presen√ßa n√£o ser√° obrigat√≥ria, cabendo ao respons√°vel optar pela continuidade das aulas exclusivamente remotas. Os detalhes ser√£o definidos por meio de resolu√ß√£o da Seduc.

Foto: Reprodução/Google Street View