PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Opera√ß√£o em Peru√≠be age contra poss√≠veis √°reas de invas√£o e faz demoli√ß√£o de edifica√ß√Ķes em locais protegidos

Da Redação

A Pol√≠cia Militar Ambiental, com apoio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Peru√≠be, realizaram opera√ß√£o conjunta contra poss√≠veis √°reas de invas√£o, al√©m de demoli√ß√£o em edifica√ß√Ķes constru√≠das em locais especialmente protegidos e com iminente risco de agravamento ambiental. As a√ß√Ķes foram realizadas na Avenida Santa Cruz x Rua Santo Amaro, no bairro Santa Cruz.

No local, os policiais fizeram contato com os participantes da operação, dentre eles o chefe do grupo de regularização e ordenamento de território da Prefeitura Municipal de Peruíbe (GROT), representante da Funai, representante da Elecktro, representante da Sabesp e um engenheiro da Prefeitura de Peruíbe.

Ap√≥s planejamento, as equipes se deslocaram at√© o bairro Santa Cruz (floresta alta de restinga em est√°gio m√©dio de regenera√ß√£o natural, bioma de mata atl√Ęntica (lei 11.428/06), fora de unidade de conserva√ß√£o, em zona de amortecimento do PESM, √°rea externa estrat√©gica da esta√ß√£o ecol√≥gica tupiniquins, inserida dentro e fora de terra Indigena-Aldeia Pia√ßaguera). A inten√ß√£o era realizar demoli√ß√£o nas edifica√ß√Ķes irregulares e em √°reas especialmente protegidas e com iminente risco de agravamento ambiental.

Foram aplicadas a san√ß√£o de demoli√ß√£o em sete edifica√ß√Ķes, sem sinais de habitabilidade e irregulares. Al√©m das infra√ß√Ķes ambientais e furto de √°gua e energia, em pesquisa com os representantes da Prefeitura Municipal de Peru√≠be e da Funai, confirmamos que as edifica√ß√Ķes demolidas, n√£o possu√≠am nenhum tipo de autoriza√ß√£o, alvar√° ou licen√ßa.

Durante as demoli√ß√Ķes das obras irregulares, as equipes da Sabesp e Elecktro realizaram nas ruas citadas e nas ruas adjacentes, uma fiscaliza√ß√£o, identificando e desfazendo os pontos irregulares de √°gua e luz, foram destru√≠das pelas equipes t√©cnicas, aproximadamente 20 pontos de uso de √°gua e luz irregular.

No momento da opera√ß√£o e da fiscaliza√ß√£o das equipes da Elecktro e da Sabesp, n√£o foi presenciado nenhum respons√°vel pelas edifica√ß√Ķes demolidas e fiscalizadas, tampouco, algu√©m que pudesse servir de testemunha.

Ao t√©rmino da opera√ß√£o conjunta no interior da aldeia Pia√ßaguera, seis edifica√ß√Ķes foram demolidas e 20 locais com pontos de √°gua e luz irregulares, tiveram as liga√ß√Ķes desativadas pelas equipes espec√≠ficas.

Foto: Divulgação