PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Sabesp retira mais de 3 mil toneladas de lixo do sistema de esgoto da Baixada Santista

Da Redação

De janeiro at√© agosto deste ano, a Sabesp retirou 3,1 mil toneladas de lixo, entre os mais variados materiais, durante os servi√ßos rotineiros realizados para limpeza das peneiras e gradeamentos existentes nas 326 unidades de bombeamento e nas 18 esta√ß√Ķes para tratamentos dos esgotos das nove cidades da regi√£o. Em 2020, no total, ficaram retidas 4,5 mil toneladas de res√≠duos s√≥lidos.

Os t√©cnicos trabalham para desentupir e limpar as instala√ß√Ķes, utilizando inclusive caminh√Ķes para sugar a v√°cuo os esgotos, a fim de evitar extravasamentos nos sistemas de esgotamento sanit√°rio da Baixada Santista. Mas √© importante destacar que se trata de um material que deveria ter o lixo como destino, e n√£o vasos sanit√°rios, ralos e pias. Estes res√≠duos impedem o pleno funcionamento do sistema e, por isso, sua efic√°cia depende diretamente da participa√ß√£o de toda popula√ß√£o, que deve descartar seus detritos adequadamente. Lugar de lixo √© no lixo.

Transtornos causados por detritos e areia

Entre os materiais encontrados nas redes coletoras e nas esta√ß√Ķes elevat√≥rias (para bombeamento) e de tratamento de esgoto, os principais respons√°veis por obstru√ß√Ķes das tubula√ß√Ķes s√£o: cabelo, bitucas de cigarro, fio dental, absorventes, preservativos, restos de comida, embalagens pl√°sticas e peda√ßos de pano, descartados irregularmente pelo vaso sanit√°rio ou pelo ralo da pia. Essa pr√°tica entope a rede, por isso, antes de lavar a lou√ßa, deve-se limpar os restos de comida e jog√°-los no lixo.

O mesmo vale para o descarte de √≥leo de cozinha. O produto endurece nas tubula√ß√Ķes e nele grudam os outros res√≠duos que tamb√©m n√£o deveriam estar l√°. Com o tempo, o √≥leo de fritura provoca um “infarto” na rede coletora (entupindo totalmente) e, com isso, o esgoto volta para dentro de casa. O correto √© guardar o √≥leo usado em garrafas PET e entreg√°-lo para reciclagem ‚Äď o l√≠quido pode ser transformado em biocombust√≠vel, sab√£o ou massa de vidraceiro, por exemplo.

J√° a areia, material encontrado em grande quantidade, tamb√©m prejudica o sistema quando carreada junto √† √°gua de chuva para os sistemas da Sabesp em decorr√™ncia de liga√ß√Ķes irregulares de √°guas pluviais. Para manter a opera√ß√£o do sistema de esgotamento sanit√°rio normalizado, a empresa ainda atua junto √†s administra√ß√Ķes municipais para buscar a qualidade dos atendimentos prestados.

Evita-se o entupimento das redes e o refluxo dos esgotos com o escoamento correto de ralos e calhas nas galerias de √°guas pluviais. A sa√≠da pluvial re√ļne a chuva e a √°gua de lavagem que escoa por calhas e ralos. J√° a rede de esgoto recebe res√≠duos do vaso sanit√°rio, chuveiro, pias e tanque. A empresa tem constante trabalho de identifica√ß√£o de liga√ß√Ķes feitas indevidamente, inclusive com o uso de t√©cnicas como testes de corantes, para identificar se a sa√≠da das √°guas pluviais est√° sendo erroneamente direcionada ao sistema de esgoto domiciliar ou vice-versa. E ainda tem estreita parceria com as vigil√Ęncias sanit√°rias dos munic√≠pios, respons√°veis por fiscalizar, notificar e aplicar multa aos im√≥veis n√£o conectados √† rede. A Sabesp informa os locais onde existem redes dispon√≠veis para popula√ß√£o e os im√≥veis que n√£o est√£o conectados.

O uso correto da rede coletora de esgoto ajuda a proteger a sa√ļde e o bem-estar da popula√ß√£o, al√©m de contribuir para a prote√ß√£o do meio ambiente, beneficiando toda a sociedade. Saiba mais sobre a reciclagem de √≥leo em
http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=82

Assista ao vídeo/animação sobre o uso correto da rede, acesse o canal da Sabesp no YouTube e assista a animação Uso Correto da Rede de Esgotos em https://www.youtube.com/watch?v=Mqodv3SUE40

Foto: Divulgação Sabesp