PUBLICIDADE

Região / Polícia

Bolsonaro comparece a velório de PM que morreu após salvar crianças do mar em Itanhaém

Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro compareceu ao funeral do soldado da PM Diogo Gomes de Melo, de 31 anos, que morreu ao tentar salvar quatro crian√ßas que se afogavam em Itanha√©m. A cerim√īnia foi realizada no Cemit√©rio Metropolitano, em S√£o Vicente.

Bolsonaro falou sobre a morte do policial em uma transmiss√£o em suas redes sociais. “Lamentamos profundamente. Um jovem, tinha uma vida toda pela frente. Vai ficar marcado na hist√≥ria essa passagem do cabo da Pol√≠cia Militar de S√£o Paulo, em mais um ato, salvando a vida de outros e entregando a sua vida”, disse.

 - REVISTA MAIS SANTOS

O presidente (de camisa azul escura, na foto), chegou ao local por volta das15h50. Pela manhã, ele esteve em Praia Grande, onde almoçou na Fortaleza de Itaipu . Mais cedo, na chegada à praia do Canto do Forte, foi bastante assediado por apoiadores, que pediram selfies e saudaram Bolsonaro, num momento de aglomeração.

O caso

O policial estava lotado na 1¬™ Companhia do 13¬į BPM/M, na Capital. Na ter√ßa-feira (29), ter√ßa-feira (29), ele estava em hor√°rio de folga, ao lado de familiares na Praia do Suar√£o.

 - REVISTA MAIS SANTOS

Segundo relatos, em dado momento, o policial entrou no mar para salvar as quatro crian√ßas que se afogavam ‚Äď o filho, de 10, e tr√™s sobrinhos. Duas foram alcan√ßadas, mas ele acabou arrastasdo pela correnteza ‚Äď os outros dois foram retirados por banhistas.

Foto: Mais Santos