PUBLICIDADE

Região / Polícia

Suspeito de envolvimento em atentado contra Solange Freitas é preso

Da Redação

Atualizado às 17h40

Um policial militar rodoviário, suspeito de participação no atentado a tiros contra a candidata do PSDB à Prefeitura de São Vicente, Solange Freitas, foi preso na manhã desta quarta-feira (18). Ele nega o envolvimento no crime.

Oficialmente, a Pol√≠cia Civil n√£o confirma as informa√ß√Ķes, sob a alega√ß√£o de que o caso corre em ‚Äúsegredo de Justi√ßa‚ÄĚ. Por meio de nota, a candidata se pronunciou saobre a pris√£o. “Eu sempre confiei no trabalho da pol√≠cia. E estou muito feliz com o avan√ßo das investiga√ß√Ķes. Tenho certeza que em breve o caso ser√° esclarecido”.

O oficial foi transferido para o Pres√≠dio Rom√£o Gomes, na Zona norte da Capital, enquanto as investiga√ß√Ķes continuam.

O caso

Solange Freitas estava acompanhada por quatro assessores no momento do ataque. Eles n√£o foram atingidos e passam bem. O atentado aconteceu na avenida Monteiro Lobato, na Vila Voturu√°, por volta das 10h30 da √ļltima quarta-feira (11).

No s√°bado (14), houve a confiss√£o de um suposto autor do atentado √† pol√≠cia. De acordo com informa√ß√Ķes da Pol√≠cia Civil, o homem de 33 anos declarou que, logo ap√≥s ter atirado contra o vidro do ve√≠culo naquela manh√£, no bairro Voturu√°, se desfez das roupas e do capacete que usava, al√©m da motocicleta que conduzia.

No entanto, a Pol√≠cia classificou a vers√£o apresentada por ele como “limitada aos fatos e imagens veiculados pela m√≠dia”.