PUBLICIDADE

Região / Polícia

Suspeito de matar soldado em São Vicente com tiro na cabeça morre durante operação policial

Da Redação

Um homem morreu durante troca de tiros em opera√ß√£o realizada na madrugada desta quinta-feira (26), no Sambaiatuba, em S√£o Vicente, pela Divis√£o de Homic√≠dios da Pol√≠cia Civil, com apoio do Batalh√£o de Opera√ß√Ķes Especiais da Pol√≠cia Militar.

Raphael Avolli, de 25 anos, seria suspeito de ter matado com um tiro na cabeça o soldado Juliano Ritter, em 28 de novembro, na Ponte dos Barreiros, na mesma cidade. Outros crimes contra policiais, ocorridos há alguns anos, também teriam sua participação.

A Prefeitura de S√£o Vicente informou, por meio da Secretaria da Sa√ļde (Sesau), informou que ele deu entrada no Hospital Municipal nesta quinta-feira (27), por volta das 6h50, j√° sem vida. O homem apresentava ferimentos por arma de fogo na regi√£o cervical, virilha direita e gl√ļteo.

A Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica, a Pol√≠cia Militar e e Pol√≠cia Civil foram¬† procuradas, mas ainda n√£o se manifestaram. Assim que o fizerem, ser√£o inclu√≠das neste espa√ßo.

O soldado Juliano Ritter tinha 31 anos e era integrante do 39¬į Batalh√£o de Pol√≠cia Militar do Interior. Ele foi atingido com um disparo na cabe√ßa, perto da nuca, quando estava em servi√ßo. Ele foi velado em S√£o Vicente, mas seu corpo foi levado para Conc√≥rdia, em Santa Catarina, onde a fam√≠lia mora.

O caso aconteceu em 28 de novembro de 2021 em frente ao pr√©dio da Escola T√©cnica de Economia Criativa (Eterci) de S√£o Vicente, na Avenida Na√ß√Ķes Unidas, na Vila Margarida, perto da Ponte dos Barreiros.

Ritter estava com uma policial cumprindo ponto de estacionamento quando o indiv√≠duo chegou e disparou algumas vezes ‚Äď e pelas costas deles. A agente chegou a revidar contra o homem, mas ele fugiu em dire√ß√£o √† comunidade M√©xico 70.

Ritter deu entrada √†s 13h30 no Hospital Municipal de S√£o Vicente, de acordo com a Prefeitura de S√£o Vicente, por meio da Secretaria de Sa√ļde.

Ap√≥s passar por cirurgia com a neurologista, ficou em observa√ß√£o. No entanto, devido √†s complica√ß√Ķes de seu estado, o paciente n√£o resistiu e acabou morrendo √†s 18h24 daquele domingo, 28 de novembro.

Foto: Reprodução Redes Sociais