PUBLICIDADE

Região / Saúde

Cidade de Cubatão volta a registrar internação por Covid-19

Da Redação

Após nove dias sem pessoas internadas, a cidade de Cubatão voltou a registrar uma internação na UTI por covid-19 na segunda-feira (18), ocupação que se mantém nesta terça-feira (19) de acordo com o boletim diário.Já a enfermaria covid segue vazia desde 24 de março.

O secretário de Saúde de Cubatão, Rodrigo Dias, avalia que o período de nove dias (9 a 17 de abril) sem pessoas internadas na UTI, algo inédito desde o início da pandemia, mostra a evolução do combate à doença, enquanto a nova internação demonstra a necessidade de manutenção dos cuidados básicos e da importância da vacinação. A pessoa internada é um homem de 55 anos não vacinado.

REFORÇO

O Serviço de Vigilância Epidemiológica (SVE) ressalta a importância da proteção imunológica gerada pelo esquema vacinal completo e as doses adicionais. Conforme números de 11 de abril, a cidade registra 8.488 faltosos de segunda dose e 28.398 faltosos de dose adicional.

MORTES

O boletim desta segunda-feira (18) ainda traz a informação de mais um óbito por covid-19 ocorrido em 18 de março referente a morador de Cubatão que estava internado fora da cidade. Com a notificação, esse passa a ser o óbito mais recente por covid-19 no município. O óbito anterior é de 24 de fevereiro.

Com essa atualização, a cidade passa a registrar 543 mortes até o momento. O boletim também mostra que, após investigação, dois óbitos foram descartados como causados pela doença, restando ainda uma morte a ser ou não confirmada por covid-19.

ESQUEMA DE VACINAÇÃO

Confira idades, grupos e intervalos entre doses:

Obrigatório apresentar CPF e documento com foto ao receber qualquer uma das doses, além de comprovante de residência no ato da primeira dose. Na segunda e doses adicionais, apresentar a carteirinha constando a(s) dose(s) anterior(es).

1ª DOSE

A partir de 12 anos de idade. É necessário apresentar comprovante de residência.

De 5 a 11 anos de idade (acompanhadas por pais ou responsáveis). É obrigatória a apresentação do documento de identidade, CPF ou cartão SUS da criança e comprovante de residência.

Menores de idade devem estar acompanhados por responsáveis ou ter em mãos um termo de responsabilidade, além de documento (CPF ou cartão SUS) e comprovante de residência. No caso de comorbidades, os responsáveis devem comprovar a condição com exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

De acordo com o informe técnico da Secretaria de Saúde do Estado, crianças com comorbidades devem ser imunizadas somente com a dose pediátrica da Pfizer, assim como crianças sem comorbidades de 5 anos a 5 anos 11 meses e 29 dias.

2ª DOSE

Coronavac: 28 dias (quatro semanas) a partir da primeira dose;

Astrazeneca: 56 dias (oito semanas) a partir da primeira dose;

Pfizer para adultos: 21 dias (três semanas), a partir da primeira dose;

Pfizer para adolescentes de 12 a 17 anos: 56 dias (oito semanas) a partir da primeira dose.

Pessoas que farão viagens internacionais podem tomar a segunda dose da AstraZeneca em 28 dias (quatro semanas) e a da Pfizer em 21 dias (três semanas, para todas as idades).

Crianças de 5 a 11 anos: 56 dias (oito semanas) a partir da primeira dose.

DOSE ADICIONAL (reforço)

Adultos a partir de 18 anos

Janssen: 61 dias (dois meses) a partir da dose única;

Demais imunizantes:

Pessoas a partir de 18 anos: 4 meses após a segunda dose;

Imunossuprimidos

Adultos a partir de 18 anos: 28 dias (quatro semanas) a partir do esquema vacinal completo.

Adolescentes de 12 a 17 anos: 56 dias (oito semanas) a partir do esquema vacinal completo.

SEGUNDA DOSE ADICIONAL

Pessoas a partir de 60 anos e imunossuprimidos a partir de 12 anos de idade: 122 dias (quatro meses) após a primeira dose adicional.

LOCAIS DE VACINAÇÃO – COVID-19

-Crianças com 5 anos completos e crianças que possuem comorbidade ou deficiências – Somente nas UBS do Jardim Casqueiro, Jardim Nova república (Bolsão Oito), Mário Covas e Vila Nova;

-Crianças de 6 a 11 anos, adolescentes a partir de 12 anos de idade e adultos – Nas 14 UBS com sala de vacina.

Endereços:

Unidades de Saúde: de segunda a sexta-feira (dias úteis), das 8h30 às 16 horas:

UBS Vila São José (Avenida Bandeirantes, s/nº);

USF Afonso Schmidt, Área 5 (Rua Manoel Leal, s/nº, Jardim São Francisco);

UBS Jardim Casqueiro (Rua Espanha, s/nº);

UBS Jardim 31 de Março (Rua Antônio Simões de Almeida, s/nº);

USF Jardim Nova República-Bolsão 8 (Avenida Deputado Esmeraldo Tarquínio, s/nº);

UBS Vila Nova (Rua São João, 185);

USF Vila dos Pescadores (Rua Santa Júlia, s/nº);

USF Ilha Caraguatá (Rua Feud Farah, s/nº);

USF Cota 200 (2ª Passarela da Via Anchieta km 50, s/nº);

USF Vila Esperança-Morro do Índio (Avenida Principal, 4003);

USF Mário Covas (Rua das Palmas, 128, Vila Natal);

USF Pilões (Caminho dos Pilões, 974);

USF Cota 95 (Faixa do Oleoduto, s/nº, Pinhal do Miranda);

USF Vale Verde (Rua Vereador Paulo Enos, s/nº).