PUBLICIDADE

Regi√£o / Sa√ļde

Hospitais da Baixada promovem a√ß√Ķes especiais para o “Setembro Colorido”

Da Redação

Hospitais estaduais localizados na Baixada Santista programaram a√ß√Ķes diferentes num “Setembro Colorido”: o Hospital Guilherme √Ālvaro, em Santos, e Hospital Regional de Itanha√©m, organizaram a√ß√Ķes no decorrer deste m√™s que fazem a duas “cores” simb√≥licas do m√™s de Setembro: Laranja e Amarelo, que focam respectivamente na seguran√ßa do paciente e na preven√ß√£o ao suic√≠dio.

O pr√©dio do Hospital Guilherme √Ālvaro recebeu ilumina√ß√£o especial na cor laranja em refer√™ncia ao Projeto Paciente Seguro, que integra as a√ß√Ķes do PROADI (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema √önico de Sa√ļde). Para tornar vis√≠vel a import√Ęncia da a√ß√£o, os 1.300 funcion√°rios da unidade vestem, durante o m√™s, a camiseta do projeto.

At√© o dia 31, a unidade realiza a “Maratona Todos Seguros”, ligada ao projeto. A programa√ß√£o permite intera√ß√£o entre a equipe de colaboradores, pacientes e acompanhantes.

H√° din√Ęmicas, gincanas, quiz da seguran√ßa com as equipes, Big Fone, blitz para identifica√ß√£o correta do paciente, cirurgia segura, plantio de girass√≥is no jardim da unidade e at√© ilumina√ß√£o de monumentos da cidade, incluindo a fachada na cor laranja na Pinacoteca Benedicto Calixto.

“Nos dedicamos √† integra√ß√£o de novas pr√°ticas de acolhimento para proporcionar um ambiente seguro aos pacientes e profissionais da sa√ļde”, afirma a diretora do Hospital Guilherme √Ālvaro, M√īnica Mazzurana.

No decorrer dessa semana, houve oficinas focadas no tema, promovendo o compartilhamento de conhecimentos sobre cuidados na área assistencial. A troca de ideias visa reforçar as melhores práticas com base nas metas internacionais de segurança, e têm ocorrido desde a segunda-feira (17), Dia Mundial de Segurança do Paciente.

Um dos pontos discutidos √© a seguran√ßa dos trabalhadores da sa√ļde como prioridade central para alcan√ßar a seguran√ßa tamb√©m para os pacientes, aliando capacita√ß√£o e motiva√ß√£o dos profissionais e incentivando pr√°ticas rotineiras para a assist√™ncia humanizada.

As a√ß√Ķes incluem interatividade entre os colaboradores com v√≠deos ilustrativos, cine-pipoca, seguran√ßa medicamentosa com a equipe de enfermagem e orienta√ß√£o nos cuidados para reduzir risco de queda e les√Ķes na pele de pacientes.

A programa√ß√£o √© voltada para as √°reas assistenciais e administrativas e faz parte do Plano Institucional de Humaniza√ß√£o do Hospital, que prop√Ķe uma s√©rie de atividades ao longo do ano para zelar pela sa√ļde mental do colaborador.

Itanhaém

O Hospital Regional de Itanha√©m tamb√©m criou um calend√°rio “colorido” especial que integra o Setembro Amarelo, voltado √† preven√ß√£o ao suic√≠dio. O pr√©dio recebe ilumina√ß√£o especial semanalmente. H√° tamb√©m conversas nos setores, forma√ß√£o de grupos terap√™uticos e atendimentos individualizados no intuito de ouvir os profissionais, orientar e buscar alternativas vi√°veis para proteger sua sa√ļde emocional.

Um coral formado s√≥ por colaboradores fez apresenta√ß√Ķes nos andares na quinta (17) e sexta (18) para sensibilizar todos sobre o tema. Nos dois servi√ßos, as atividades s√£o comandadas pelos N√ļcleos de Seguran√ßa do

Paciente e respeitam todas as medidas preventivas à Covid-19, como o uso de máscaras, de álcool gel e a distribuição de materiais impressos para colaboradores e pacientes.