PUBLICIDADE

Santos / Esporte

De virada, Santos estreia com vitória na Libertadores, 2 a 1

O Santos estreia com vitória de virada na Taça Libertadores da América, 2 a 1 sobre o Defensa y Justicia, em Buenos Aires, na Argentina. O time comandado por Jesualdo Ferreira voltou a marcar depois de três jogos de jejum e se reencontrou com um triunfo. O Peixe volta a campo no próximo dia 7, em casa, diante do Mirassol, pelo Campeonato Paulista.

O jogo

O primeiro tempo teve Pará e Pituca alternando de posição nas laterais, formando uma linha de cinco defensiva quando era atacado e com Luan Peres ao lado de Luiz Felipe e Lucas Verissimo, ou seja, uma linha de três zagueiro quando saía para o jogo.

Evandro e Sanchez ficaram no meio tentando articular o Santos, Soteldo aberto pela esquerda, Yuri Alberto pela direita e Sasha flutuando. Dessa forma, muitas vezes subindo as linhas para atrapalhar a saída de bola do rival, o time alvinegro tentava surpreender, mas sem sucesso.

A primeira chance do Defensa foi aos 15 minutos, quando Botta, cobrou falta por cima do gol. O Peixe respondeu na sequência em finalização de Sánchez, após passe de Pará. Aos poucos, o time argentino começou a controlar o jogo e levar mais perigo.

Aos 23 minutos, Neri Cardozo arriscou em falta ensaiada, mas a melhor chance do Defensa y Justicia foi aos 35. Cardozo bateu colocado, acertando a trave, a bola ainda bateu nas costas do goleiro Everson e passou por cima do travessão.

Embora o Santos tenha tentado através de contra-ataques ameaçar, a falta de eficiência no último terço do campo, muitas vezes, propiciava o contra-golpe argentino. Até que aos 45 minutos, com gol de cabeça de Rodríguez, o Defensa fez 1 a 0.

Na etapa final, as duas equipes criaram oportunidades e fizeram modificações depois dos 15 minutos. A entrada de Jobson mudou o destino do Peixe na partida. Aos 24, Pituca achou Soteldo aberto pela esquerda e, na velocidade faz o cruzamento. O volante Jobson chega na pequena área como uma flecha e desvia de cabeça, bola no fundo da rede, 1 a 1.

Jobson marcou o primeiro gol com a camisa do Santos em nove partidas. Com a igualdade no placar, o time de Jesualdo viu os comandados de Hernan Crespo crescerem no jogo, uma equipe argentina mais ofensiva para buscar o gol da vitória.

O Santos baixou as linhas nos últimos minutos da partida e apostou nos contra-ataques. Até que a fórmula deu certo e na velocidade, o time conseguiu a virada. Soteldo brigou pela bola no meio e ela sobrou para Kaio Jorge disparar livre. Na entrada da área, ele escapou da falta e bateu na saída do goleiro Unsain, 2 a 1.

O próximo compromisso do Alvinegro Praiano será no dia 10, em casa, contra o Delfin, do Equador, mas com portões fechados ao torcedor. O Santos paga o segundo jogo de punição após os incidentes contra o Independiente, da Argentina, pelas oitavas da Libertadores 2018.

(Foto: Reprodução/Twitter Santos FC)