PUBLICIDADE

Santos / Polícia

Finalmente: reforma do Palácio da Polícia de Santos começa em 3 de janeiro

Da Redação

O governador do Estado de S√£o Paulo, Jo√£o Doria, e o secret√°rio da Seguran√ßa P√ļblica, general Jo√£o Camilo Pires de Campos, anunciaram na manh√£ desta quinta-feira (30) o in√≠cio da obra de Revitaliza√ß√£o do Pal√°cio da Pol√≠cia Civil de Santos, que ter√° in√≠cio no pr√≥ximo dia 3. Com um investimento de R$ 10,2 milh√Ķes, a obra visa a proporcionar melhores condi√ß√Ķes de trabalho aos policiais e melhor atendimento √† popula√ß√£o, bem como adequar a estrutura no quesito acessibilidade.

A reforma do pr√©dio foi determinada pelo Governador em fevereiro deste ano e o autorizo para abertura de licita√ß√£o para execu√ß√£o da obra, na modalidade concorr√™ncia, ocorreu no m√™s seguinte. Como resultado, o vencedor do processo foi o cons√≥rcio Bolanho – Almeida Sapata, formado pelas empresas Bolanho Arquitetura ‚Äď Constru√ß√£o e Restaura√ß√£o Ltda e Almeida Sapata Engenharia e Constru√ß√Ķes Ltda.

‚ÄúO governo de S√£o Paulo est√° apresentando solu√ß√Ķes para problemas antigos. O Pal√°cio da Policia revitalizado vai oferecer melhores condi√ß√Ķes de trabalho para os policiais e de atendimento para a popula√ß√£o, inclusive com total acessibilidade. O governo de Jo√£o Doria e Rodrigo Garcia est√° dando um grande presente para a cidade de Santos‚ÄĚ, declarou no evento o general Campos.

No √ļltimo dia 2, foi assinado a ordem de servi√ßo contratual e com o in√≠cio dos trabalhos, a previs√£o √© que a obra seja conclu√≠da em at√© 15 meses, mobilizando, em m√©dia, 70 oper√°rios para sua realiza√ß√£o. As atividades previstas em contrato s√£o: restauro da fechada e reboco externo, manuten√ß√£o de telhado, impermeabiliza√ß√£o de laje, constru√ß√£o de rampas de acesso, reforma e adequa√ß√£o dos sanit√°rios para atender as pessoas portadoras de defici√™ncia, instala√ß√£o de porta corta fogo junto √†s escadas e adequa√ß√£o do sistema de combate a inc√™ndio.

Além disso, a obra contempla a implantação de um novo sistema elétrico em todo o Palácio, com um diferencial e toque de modernidade: a instalação de 96 módulos de painéis solares.

A reforma e restauração do Palácio não irá interferir nos trabalhos policiais realizados no prédio ou no atendimento à população.

Foto: Arquivo