PUBLICIDADE

Santos / Polícia

Suspeito de matar PM da Rota tem prisão temporária mantida após audiência em Santos

Kaique Coutinho do Nascimento, conhecido como ‚ÄėChip‚Äô, foi capturado em um apartamento ligado ao tr√°fico de drogas, em Uberl√Ęndia (MG), na quarta-feira (14).¬†

 

Foto: Divulgação / SSP

Da redação

Kaique Coutinho do Nascimento, conhecido como ‚ÄėChip‚Äô, que foi preso na quarta-feira (14), passou por audi√™ncia de cust√≥dia nesta sexta-feira (16), no F√≥rum de Santos, e teve a pris√£o tempor√°ria mantida. Chip √© acusado de matar o policial militar da equipe da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Samuel Wesley Cosmo, no dia 2 de fevereiro.

Durante a audiência, foram discutidas as circunstancias que causaram a prisão dele. Em seguida, Kaique foi ouvido pela Polícia Civil e encaminhado à unidade prisional. O presídio para onde ele vai ainda não foi divulgado.

Prisão 

Vídeo: Reprodução

Chip chegou escoltado no 5¬į Distrito Policial (DP) de Santos na noite desta quinta-feira (15). Ele foi capturado em um apartamento ligado ao tr√°fico de drogas, em Uberl√Ęndia (MG), na quarta-feira (14).

O suspeito passou por audiência de custódia em Minas Gerais antes de seguir para São Paulo, onde desembarcou no Aeroporto Campo de Marte.

O caso

Vídeo: Reprodução

O crime aconteceu no Caminho da Capela, no bairro R√°dio Clube, na Zona Noroeste de Santos. O soldado Cosmo entrou em uma viela sozinho e foi recebido a tiros por um criminoso.

Nas imagens, gravadas pela c√Ęmera corporal do agente, √© poss√≠vel ver o momento do ocorrido. (veja o v√≠deo acima)

O PM foi atingido no olho, socorrido e levado ao Hospital Santa Casa de Santos, onde passou por cirurgia, mas n√£o resistiu.

Segundo o secret√°rio de Seguran√ßa P√ļblica de S√£o Paulo, Guilherme Derrite, apesar de tudo ser gravado, as imagens n√£o foram suficientes para identificar Kaique. A identidade do suspeito foi informada “voluntariamente” por outro jovem, que estava no local, e tem apelido semelhante ao de Chip.

Procurado

Foto: Secret√°ria de Seguran√ßa P√ļblica (SSP)

Kaique Coutinho era procurado e a Secret√°ria de Seguran√ßa P√ļblica (SSP) anunciou uma recompensa de R$ 50 mil por informa√ß√Ķes que ajudem a prender ele.

Operação Verão

Foto: Reprodução

A terceira fase da opera√ß√£o recebe o acr√©scimo de mais de 400 policiais, que est√£o atuando na Baixada Santista para combater o crime organizado. A a√ß√£o foi desencadeada ap√≥s a morte do cabo da Pol√≠cia Militar (PM), Jos√© Silveira dos Santos, do 2‚Āį Batalh√£o de A√ß√Ķes Especiais de Pol√≠cia (BAEP), morto por criminosos na √ļltima quarta-feira (7).

No total, 26 pessoas foram mortas em confronto com a PM, desde o início da primeira Operação Verão. Três PMs foram mortos.

Transferência de gabinete

Foto: Secret√°ria de Seguran√ßa P√ļblica (SSP)

Após a morte do cabo José Silveira, Guilherme Derrite anunciou a transferência temporária do gabinete dele para Santos.

O secret√°rio e os chefes das for√ßas de seguran√ßa, Coronel PM C√°ssio Ara√ļjo de Freitas, e o delegado-geral, Artur Dian, permanecer√£o no Litoral acompanhando as a√ß√Ķes de combate √† criminalidade e as buscas pelos suspeitos de envolvimento nas mortes de dois policiais militares que atuavam na Opera√ß√£o Ver√£o.