9.0 // DA REDAÇÃO 

Da redação

Morreu na tarde desta quarta-feira (19), o crítico de cinema e jornalista Rubens Ewald  Filho, 74 anos. Ele estava internado desde o dia 23 de maio, no Hospital Samaritano de São Paulo, depois de desmaiar após uma arritmia cardíaca. Nascido em Santos, era considerado um grande conhecedor de cinema. Já assistiu mais de 35 mil filmes. Um apaixonado por longas metragens desde a infância.

O início da carreira foi no Jornal A Tribuna. Depois trabalhou no Jornal da Tarde, no Estado de São Paulo e como colaborador da Revista Veja. Nos anos 1970, se dedicou ao cinema como ator e roteirista. Teve uma atuação no filme As Gatinhas (1970).

Foi escritor lançando o livro Dicionário de Cineastas, obra que até hoje é referência no ramo. Em telenovelas participou de produções como Éramos Seis (1977), Gina (1978) e Drácula, uma História de Amor (1980). Sua última novela foi Iaiá Garcia, na TV Cultura (1982).

Rubens trabalhou na direção de programação e produção da HBO Brasil. Apresentou programas na TV Cultura, Record TV, Band e TNT (canal pago). Comentou cerimônias do Oscar pela Rede Globo, SBT e TNT.

O local do velório e do sepultamento ainda não foi informado e será atualizado pelo Portal Mais Santos assim que for divulgado.

saiba antes via instagram @revistamaissantos