PUBLICIDADE

Regi√£o / Festas Populares

Falta d‚Äô√°gua faz ag√™ncia reguladora fiscalizar instala√ß√Ķes da Sabesp

Da redação

Fiscais da Ag√™ncia Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de S√£o Paulo (Arsesp) estiveram em Guaruj√°, no litoral de S√£o Paulo, na quarta-feira (24). O √≥rg√£o √© respons√°vel por fiscalizar o contrato entre a Sabesp e o munic√≠pio. O objetivo foi verificar a den√ļncia feita pela administra√ß√£o municipal em raz√£o de ocorr√™ncias de desabastecimento de √°gua e extravasamento de po√ßos de visita ocorridos nos √ļltimos dias de 2019 e nos primeiros dias de 2020.

Os t√©cnicos foram at√© a Esta√ß√£o de Tratamento de √Āgua (ETA) Jurubatuba, que abastece Guaruj√°. No dia anterior, vistoriaram, tamb√©m, o Centro de Controle Operacional da Sabesp que funciona no Centro de Santos e re√ļne informa√ß√Ķes sobre registros de ocorr√™ncias e controle dos reservat√≥rios da empresa em toda a Baixada Santista.

“Batemos na tecla de que √© preciso encontrar uma sa√≠da para amenizar os problemas que ocorrem durante as festas de fim de ano e nos dias subsequentes, quando o extravasamento de esgoto e a falta d’√°gua se agravam”, ressalta o diretor municipal de Controle Ambiental de Guaruj√°, Ant√īnio Lopes, que participou de reuni√£o na sede da Sabesp, em Santos.

Al√©m de Guaruj√°, o munic√≠pio vizinho de Bertioga tamb√©m formalizou reclama√ß√£o contra a Sabesp. Segundo a Arsesp, o objetivo das fiscaliza√ß√Ķes √© analisar dados referentes √† produ√ß√£o e distribui√ß√£o de √°gua em Guaruj√° (incluindo o Distrito de Vicente de Carvalho), Santos, Itanha√©m, Bertioga, Peru√≠be e Praia Grande, cidades onde tamb√©m houve registros de casos de falta d’√°gua.

Est√£o sendo vistoriados pela ag√™ncia esta√ß√Ķes de tratamento de √°gua, esta√ß√Ķes elevat√≥rias (que bombeiam √°gua para os pontos mais altos das cidades), reservat√≥rios de distribui√ß√£o, al√©m do processo de recebimento das reclama√ß√Ķes, que ser√° avaliado. Caso sejam constatadas irregularidades, a Sabesp responder√° processo administrativo, ficando sujeita √†s penalidades da legisla√ß√£o e do contrato vigente.

Multa e reclamação

No √ļltimo dia 3 de janeiro, a Prefeitura de Guaruj√° aplicou multa de R$ 50 mil √† Sabesp e formalizou reclama√ß√£o √† Arsesp diante das in√ļmeras reclama√ß√Ķes de mun√≠cipes e turistas na √ļltima semana de dezembro passado e primeira semana de janeiro.

De natureza ambiental, a multa se refere ao extravasamento de esgoto em diferentes pontos da Cidade, que é processado nos sistemas Vila Zilda e Vicente de Carvalho, com capacidade total de 1.930 litros por segundo, segundo a Sabesp.

A Arsesp √© o √≥rg√£o regulador do contrato firmado entre o Munic√≠pio e a Sabesp, formalizado em maio de 2019, embora, na pr√°tica, a empresa j√° atue em Guaruj√° desde 1975. O compromisso¬†garantiu uma rela√ß√£o formal e concede a explora√ß√£o dos servi√ßos de saneamento b√°sico por 30 anos, com investimentos¬† de aproximadamente R$ 780 milh√Ķes em servi√ßos ao longo desse per√≠odo.

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Guarujá