PUBLICIDADE

- INVIS√ćVEL

José Dirceu é preso em nova fase da Operação Lava Jato

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi preso nesta segunda-feira (3) em nova fase da Operação Lava Jato.

Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, irmão de José Dirceu e sócio dele na JD Consultoria também foi preso. Segundo a PF, os presos deverão ser levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), onde permanecerão à disposição da 13ª Vara da Justiça Federal. O transporte só será feito após autorização do STF (Supremo Tribunal Federal).

O ex-ministro José Dirceu deixa sua casa em Brasília após ser preso em nova fase da Lava Jato (Foto: Reprodução)

O ex-ministro José Dirceu deixa sua casa em Brasília após ser preso em nova fase da Lava Jato (Foto: Reprodução)

Essa √© a 17¬™ fase da Lava Jato, denominada “Pixuleco”, e ocorre em Bras√≠lia e nos Estados de S√£o Paulo e Rio de Janeiro. Segundo o empreiteiro Ricardo Pessoa, era por pixuleco que o ex-tesoureiro do PT Jo√£o Vaccari Neto se referia √† propina que recolhia das empresas que tinham contratos com a Petrobras.

O foco principal dessa fase s√£o os benefici√°rios de pagamento de propinas envolvendo contratos com o Poder P√ļblico, incluindo benefici√°rios finais e “laranjas” utilizados nas transa√ß√Ķes. Tamb√©m foram decretados o sequestro de im√≥veis e bloqueio de ativos financeiros. Entre os crimes investigados est√£o corrup√ß√£o ativa e passiva, forma√ß√£o de quadrilha, falsidade ideol√≥gica e lavagem de dinheiro.

Ao menos 200 policiais federais cumprem 40 mandados judiciais, sendo 26 de busca e apreensão, 3 de prisão preventiva, 5 de prisão temporária e 6 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para prestar depoimento obrigatoriamente).

(Com informa√ß√Ķes da Folha de S. Paulo)