PUBLICIDADE

Estado / São Paulo

Escolas terão retorno obrigatório das aulas presenciais para todos os alunos a partir do dia 18, segundo Estado

Da Redação

A rede pública e privada do Estado de São Paulo terá obrigatoriedade de volta das aulas presenciais para a totalidade dos alunos a partir de segunda-feira (18).

A informação foi antecipada pelo jornal O Estado de S. Paulo e será anunciada oficialmente nesta quarta-feira (13), em entrevista coletiva concedida pelo governador João Doria.

Com isso, o aluno não poderá ir à escola somente se apresentar justificativa médica.

A Secretaria Estadual de Educação informou que o distanciamento entre as carteiras – atualmente de 1 metro – será mantido, mas a partir de 3 de novembro não haverá mais essa exigência. O uso de máscara e álcool em gel, no entanto, segue obrigatório.

Baixada Santista

O Portal Mais Santos procurou as cidades da Baixada Santista para saber a respeito do anúncio do Governo do Estado.

Em Cubatão, de acordo com a Secretaria Municipal de Educação, as aulas permanecem no sistema híbrido até 31 de outubro. A Seduc avalia as condições sanitárias para o retorno cem por cento presencial após esse período. Já a rede particular é supervisionada pela Diretoria de Ensino, do governo do Estado.

Em Itanhaém, as aulas presenciais retornaram no dia 2 de agosto. O atendimento é realizado para 100% dos alunos com a capacidade diária escalonada de 50%. Neste mês de setembro foram inclusos na retomada presencial o atendimento ao Pré-1 e a partir de 18 de outubro será iniciado o atendimento ao maternal. Ambos também no sistema de escalonamento.

A Prefeitura de Mongaguá está estudando a retomada presencial total das atividades escolares. Por ora, a Rede Municipal de Ensino está trabalhando de forma híbrida, com 50% dos alunos sendo atendidos de forma presencial diariamente. Em relação às unidades particulares, a Administração segue orientando-as.

A Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Educação (Seduc), informa que alunos da rede municipal estão voltando de forma gradual desde 27 de setembro, com ocupação de 50% da capacidade física de cada unidade. A partir de 18 de outubro, o retorno será de 100%.

O processo de volta às aulas foi iniciado em 13 de setembro, com as creches. Na sequência, as unidades de educação infantil foram reabertas no dia 20. A partir de 27, o ensino regular (1º a 9º ano) e a modalidade EJA encerram esse ciclo de retorno, sempre seguindo os protocolos sanitários.

A Secretaria de Educação (Seduc) orienta que os responsáveis entrem em contato com a unidade, para verificar como será o protocolo de retorno.

Nesta quarta-feira (13), as unidades estarão abertas para atendimento ao público, mas não haverá aula no decorrer da semana, devido ao Encontro de Educadores, evento voltado aos mais de 2,2 mil professores da rede municipal de ensino, que acontece até quinta-feira (14), no Ilha Porchat Clube (Alameda Paulo Gonçalves, 61 – Ilha Porchat).

A edição deste ano do Encontro de Educadores de São Vicente totaliza oito palestras, todas relacionadas ao tema “Desafio, Inspiração e Superação”. O evento acontece de forma híbrida, com palestras presenciais e transmissão simultânea pelo Youtube, a todos os internautas interessados em assistir às apresentações.

Professores com um registro na rede municipal devem participar de uma palestra presencial; profissionais com dois registros terão que assistir, obrigatoriamente, a duas palestras presenciais.

Já em Peruíbe, a Secretaria de Educação informa que a retomada das aulas presenciais na rede municipal de ensino tem avançado significativamente de forma segura.

Atualmente o atendimento dos alunos da Etapa Creche – Educação Infantil, está limitado a 50% do total da classe e o atendimento dos alunos do ensino obrigatório (Educação Infantil/Pré-Escola e Ensino Fundamental) pode ser de até 100%, garantindo o cumprimento dos protocolos sanitários e a recomendação do distanciamento de 1 metro, conforme prevê o Plano São Paulo.

Também foi retomado o atendimento do período integral, no quantitativo entre 25% a 50% dos alunos, em horário flexibilizado, conforme particularidades de cada Unidade Escolar.

No momento, o envio dos alunos para as aulas na modalidade presencial é facultativo aos pais. Atualmente apenas 15% das famílias optaram, exclusivamente, pelas aulas com as atividades remotas.

Após o pronunciamento oficial da próxima fase do Plano SP – Educação pelo governo estadual, a Comissão de Gerenciamento da Pandemia Covid-19/Educação de Peruíbe deverá se reunir para a análise, avaliação e indicação das novas condições para o atendimento presencial a partir do dia 3 de novembro.

A Prefeitura de Praia Grande informa que, desde 04/10/2021, a Secretaria de Educação deu início à nova fase no Plano Municipal de Retomada das Aulas Presenciais. Sendo assim, as 77 escolas voltaram a receber até 100% da capacidade dos alunos, quatro vezes por semana. O quinto dia restante está sendo destinado ao atendimento remoto, tendo em vista que o retorno presencial não é obrigatório.

Os pais que não se sentirem à vontade para levar seus filhos tem a possibilidade de, um dia por semana, ter o atendimento virtual com os professores. Com o retorno da capacidade total de alunos, os cuidados com os protocolos de biossegurança redobraram, a fim de proporcionar um ambiente mais seguro para as crianças e docentes. Os cuidados começam desde a entrada da escola, dentro das salas de aula e nos corredores, com a disponibilização de álcool em gel; a prática de distanciamento social entre os alunos nas salas de aula e na hora da alimentação, além do reforço do uso correto da máscara.

Já a Prefeitura de Guarujá informa que a rede municipal de ensino está com até 50% da capacidade de alunos por turma no ensino presencial. As atividades presenciais foram retomadas em 12 de julho seguindo revezamento diário e por cores, com todos os protocolos de biossegurança no combate ao novo coronavírus. Ainda não há previsão para retomada 100% presencial.

Assim que as demais cidades da região se manifestarem, serão incluídas neste espaço.

Foto> Arquivo