PUBLICIDADE

Região / Cotidiano

Comissão Processante da Câmara de Guarujá notifica prefeito Suman para apresentar razões por escrito

Da Redação

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Guarujá notificou na última sexta-feira (26) o prefeito Válter Suman para, em 05 dias, apresentar suas razões por escrito. Agora, a defesa do chefe do Executivo  terá até sexta-feira (3) para protocolar na Câmara Municipal de Guarujá suas razões por escrito. Após o protocolo, a Comissão deverá emitir relatório final e solicitar ao Presidente da Casa que seja marcada Sessão para Julgamento, nos termos do Decreto-Lei 201/1967.

A Comissão Processante foi instaurada após denúncia formulada pelo Partido Democrático Trabalhista – PDT, por intermédio de seu Presidente, Senhor José Manoel Ferreira Gonçalves, para apurar eventuais irregularidades relacionadas à Organização Pró-vida, à empresa AM da Silva Serviços Administrativos Ltda., à ACENI – Instituto de Atenção à Saúde e Educação e possível envolvimento do Prefeito Municipal.

Ela possui prazo de 90 dias, que se encerra em 29 de dezembro.