PUBLICIDADE

Regi√£o / Festas Populares

Doria anuncia apoio financeiro a vítimas das chuvas na Baixada Santista

Por Anderson Firmino

O governador de S√£o Paulo, Jo√£o Doria, anunciou medidas de apoio √†s v√≠timas das chuvas na Baixada Santista – o √ļltimo boletim da Defesa Civil apontava 28 mortos e 42 pessoas desparecidas. Al√©m disso, admitiu a possibilidade da presen√ßa do Ex√©rcito no trabalho de buscas das v√≠timas.

As declara√ß√Ķes aconteceram durante coletiva em Guaruj√°, ao lado dos prefeitos da Regi√£o. Ele anunciou ainda a verba de R$ 50 milh√Ķes garantidas pelo estado, a serem usados para custeio dos alugueis sociais √†s v√≠timas das intemp√©ries.

De acordo com o chefe do Executivo paulista, as fam√≠lias desabrigadas receber√£o aporte financeiro com R$ 1 mil para, al√©m de R$ 500/m√™s para gastos de aluguel at√© uma solu√ß√£o definitiva. O encaminhamento ser√° feito pela Defesa Civil, mediante cadastramento pr√©vio. Doria, por√©m, ressalta a necessidade de cuidado na cess√£o do benef√≠cio. ‚ÄúH√° que se ter cuidado porque h√° os que n√£o s√£o v√≠timas e se candidatam a ter algum tipo de apoio ou assist√™ncia, porque n√£o √© prioridade. A Defesa Civil de cada cidade saber√° como fazer essa triagem‚ÄĚ.

“Este dinheiro ser√° destinado aos munic√≠pios e ser√° administrado pelas pr√≥prias prefeituras durante as pr√≥ximas semanas. A cifra ser√° distribu√≠da de maneira proporcional aos estragos e preju√≠zos pelos quais cada uma das cidades passou”, acrescentou Doria.

Exército

Os apelos pela entrada das For√ßas Armadas nas opera√ß√Ķes t√™m sido feito pelas redes sociais. Doria diz que, at√© o momento, ela n√£o √© necess√°ria, mas n√£o se esquivou de solicit√°-la. ‚Äú√Č poss√≠vel, mas at√© o momento, os Bombeiros n√£o fizeram essa solicita√ß√£o. Todo apoio ser√° bem -vindo. Havendo necessidade, eles ser√£o mobilizados. N√£o h√° dificuldade de solicitar esse apoio e, quando e se ocorrer, o Ex√©rcito dever√° atender‚ÄĚ.

O governador refor√ßa que, a partir de agora, come√ßa a utiliza√ß√£o ode equipamentos nos trabalhosa de busca pelas v√≠timas, que antes era feito manualmente. ‚ÄúQuero lembrar que, at√© ontem, todo o servi√ßo era manual, mas n√£o por falta de equipamentos. Nessa etapa, o uso de m√°quinas n√£o era recomend√°vel. Sil√™ncio e uso manual √© protocolo internacional. A partir de hoje, m√°quinas podem ser utilizadas. E dificilmente os desaparecidos, de acordo com as circunst√Ęncias, ser√£o encontrados com vida. √Č triste, mas essa √© a realidade‚ÄĚ, pondera.

Presidente

Sobre Bolsonaro, Jo√£o Doria lamentou o que ele julgou como ‚Äúfalta de manifesta√ß√£o‚ÄĚ pessoal do presidente. ‚ÄúN√£o houve contato do presidente. N√£o me telefonou, n√£o mandou Whatsaap, o que seria uma situa√ß√£o normal. Liguei para o ministro Rog√©rio Marinho (Desenvolvimento Social), e tomei a iniciativa. Eu que liguei, para que pudesse, al√©m dos R$ 50 milh√Ķes do governo do Estados, o Governo Federal pudesse contribuir com valores para obras‚ÄĚ.

Nesta quinta-feira, o Governo Federal reconheceu, de forma sum√°ria, quando o desastre √© p√ļblico e not√≥rio e n√£o h√° necessidade de pedido dos munic√≠pios, o¬†estado de calamidade p√ļblica no Guaruj√°¬†e a situa√ß√£o de emerg√™ncia em Santos e S√£o Vicente por conta das fortes chuvas que atingiram o estado de S√£o Paulo nesta semana. A decis√£o foi publicada no Di√°rio Oficial da Uni√£o de hoje (5).

Foto: Ronaldo Barreto