PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Mais de 90 animais mortos foram recolhidos em praias da regi√£o neste 1¬ļ trimestre

Da Redação

No primeiro trimestre de 2021, o Instituto Gremar registrou o resgate de 24 animais vivos e recolheu 91 animais mortos (entre aves, mamíferos e tartarugas) nas praias dos municípios de São Vicente, Santos, Guarujá e Bertioga, conforme dados do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS).

Dos 24 animais vivos resgatados, foram 14 aves: sete atob√°s (Sula leucogaster), dois gaivot√Ķes (Larus dominicanus), um bobo-grande (Calonectris diomedea borealis), um bobo-pequeno (Puffinus puffinus), um trinta-r√©is (Anous stolidus), um bigu√° (Phalacrocorax brasilianus) e uma fragata (Fregata magnificens); e dez tartarugas-verdes (Chelonia mydas).

Destes, seis já foram reabilitados e reintegrados à natureza: quatro atobás e duas tartarugas-verdes.

J√° entre os 91 animais mortos recolhidos estavam:
Рcinco aves, todas da espécie Sula Leucogaster (atobá);
Р18 mamíferos, sendo 16 da espécie Pontoporia blainvillei (toninha), um da espécie Sotalia guianensis (boto-cinza) e um não identificado devido a avançado estágio de decomposição;
Р68 tartarugas marinhas, sendo 50 da espécie Chelonia mydas (tartaruga-verde), dez da espécie Caretta caretta (tartaruga-cabeçuda), uma da espécie Lepidochelys olivacea (tartaruga-oliva), uma da espécie Eretmochelys imbricata (tartaruga-de-pente) e seis não identificadas devido a avançado estágio de decomposição.

Dentre as intera√ß√Ķes antr√≥picas que resultaram em √≥bitos, foram identificados sinais de colis√Ķes com embarca√ß√£o, ingest√£o de res√≠duo s√≥lido (lixo), intera√ß√£o com petrechos de pesca e dragagem.

Animais marinhos s√£o vulner√°veis √† mortalidade por petrechos de pesca em diversas situa√ß√Ķes, como o curto per√≠odo entre o anzol deixar o barco e afundar. Tamb√©m podem ser fisgados e potencialmente feridos durante o recolhimento da linha, al√©m do fato de iscas e petrechos descartados incorretamente tamb√©m atra√≠rem o animal, que pode confundi-los com alimento. Da mesma forma, a presen√ßa de res√≠duos s√≥lidos (lixo) no mar.
Trabalhar pela conscientização da comunidade pesqueira através da educação ambiental e por uma fiscalização mais efetiva para inibir o descarte irregular dos petrechos de pesca estão entre nossas premissas de atuação.

Foto da capa: Divulgação/Instituto Gremar