PUBLICIDADE

Regi√£o / Meio Ambiente

Polícia Ambiental apreende sete redes de pesca irregulares e salva espécies marinhas em Itanhaém

Da Redação

A 5¬™ Companhia de Policiamento Ambiental Mar√≠tima, a qual √© subordinada ao 3¬ļ Batalh√£o de Policiamento Ambiental, apreendeu sete redes de pesca irregulares nesta quarta-feira (29), durante patrulhamento rotineiro pela costa de Itanha√©m.

Para se ter uma ideia do tamanho do material, a soma das extens√£o das redes chega a 3,3 km.

As redes, que contrariam a legisla√ß√£o ambiental vigente nas praias da cidade, estavam ou em local proibido ou sem identifica√ß√£o dos pescadores propriet√°rios – esta √ļltima √© condi√ß√£o para este tipo de pesca.

Foram encontradas ainda com vida dezenas de espécies diversas da nossa fauna marinha, emalhadas em todas as redes. Dentre elas estavam diversas arraias, animal este que tem sido afetado pela pesca de arrasto de barcos e rede de espera como as que foram apreendidas.

De forma cuidadosa, os militares libertaram as espécies marinhas e foram imediatamente devolvidas ao seu habitat natural.

O Litoral Sul √© alvo de diversas den√ļncias de pesca irregular, em especial na costa de Itanha√©m. √Č poss√≠vel denunciar pelo 13 3348-4750.

Foto: Divulgação Polícia Ambiental