PUBLICIDADE

Região / Polícia

Agente penitenciário é morto em São Vicente quando trabalhava como segurança em supermercado

Da Redação

O agente penitenciário Eduardo Godinho, de 40 anos, foi morto na noite desta quarta-feira (1), na Avenida Ulisses Guimarães, no Rio Branco, em São Vicente. Ele, que trabalha na Penitenciária 2 da cidade, estava em um supermercado, onde prestava serviço como segurança. O caso foi registrado na Delegacia Sede de São Vicente.

Godinho trabalhava h√° sete anos no estabelecimento e teria sido alvejado por mais de 10 tiros. A arma que ele usava foi levada pelos criminosos, que conseguiram fugir.

Em v√≠deo de c√Ęmeras de monitoramento de um outro com√©rcio pr√≥ximo, √© mostrada a movimenta√ß√£o do lado de fora quando o agente foi atingido pelos disparos – ouve-se o ru√≠do de seis tiros. Os clientes se assustam e tentam se proteger.

O Servi√ßo de Atendimento M√≥vel de Urg√™ncia (SAMU) foi acionado por volta das 19h41, e Eduardo chegou a ser encaminhado para o Hospital Municipal de S√£o Vicente, mas n√£o resistiu aos ferimentos e morreu. Os tiros atingiram a regi√£o do t√≥rax e abd√īmen. At√© o momento nigu√©m foi capturado.

Em nota, o Sindicato dos Agentes Penitenci√°rios (Sindasp-SP) expressou a enorme tristeza e rep√ļdio com rela√ß√£o ao fato. “E, mais aterrorizante, ficar√° mais uma fam√≠lia enlutada”, emenda.

Foto: Reprodução