PUBLICIDADE

Região / Polícia

Pol√≠cia prende, em Mongagu√°, 3¬į envolvido na morte de PM e filha em SP

O crime ocorreu no dia 24 de fevereiro, em frente a uma farm√°cia, na Zona Norte de S√£o Paulo. Os criminosos fazem parte de uma quadrilha especializada em efetuar roubos a bolivianos.

 

Vídeo: Reprodução 

Da redação 

Um homem, de 47 anos, foi preso na tarde deste domingo (3), em Mongagu√°, suspeito de envolvimento na morte do policial militar, Anderson de Oliveira Valentim, de 46 anos, e da filha dele, Alycia Perroni Valentim, de 19.

De acordo com a Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica (SSP), o indiv√≠duo foi encontrado dentro de uma van particular de transporte de passageiros, na Rodovia Padre Manoel da N√≥brega, ap√≥s um trabalho de intelig√™ncia das equipes do 2¬ļ Batalh√£o de A√ß√Ķes Especiais de Pol√≠cia (Baep).

Durante a prisão, o homem entrou em luta corporal com os agentes, mas foi contigo. Ele foi preso e encaminhado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém e, posteriormente, ao Distrito Policial (DP) Sede da cidade, onde o caso foi registrado. 

O crime

Foto: Reprodução РPai e filha foram mortos em frente a uma farmácia, em São Paulo.

O crime ocorreu no dia 24 de fevereiro, em frente a uma farmácia, na Zona Norte de São Paulo. O PM e a jovem foram abordados por três indivíduos, que chegaram por trás do carro do agente, que estava de folga e reagiu. As vítimas foram atingidas e não resistiram. 

Conforme a SSP, menos de 24h depois, a pol√≠cia j√° tinha a identifica√ß√£o do trio. Na tarde da √ļltima ter√ßa-feira (27), o primeiro suspeito, de 30 anos, foi encontrado em uma via p√ļblica, aparentemente embriagado.¬†

Na noite da √ļltima quarta-feira (28), um adolescente, de 17 anos, foi apreendido por envolvimento no crime. O menor foi encontrado em Guarulhos, ap√≥s den√ļncia an√īnima. Ele confessou que estava envolvido no crime.¬†

O menor ainda relatou que todos os três suspeitos fazem parte de uma quadrilha especializada em efetuar roubos a bolivianos. Um quarto suspeito está foragido.