PUBLICIDADE

Região / Saúde

São Vicente: vacinados com a Janssen podem receber dose de reforço a partir desta terça

Da Redação

A vacinação contra a Covid-19 segue avançando em São Vicente. A partir desta terça-feira (30), aqueles que foram imunizados com a vacina da Janssen poderão receber a dose de reforço nos postos do Município.

Por isso, é importante que todos os que receberam este imunizante fiquem atentos à carteira de vacinação. O intervalo mínimo entre a data de imunização e a dose de reforço é de dois meses (61 dias) para o público geral e de 28 dias para imunossuprimidos.

A vacina pode ser encontrada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), Estratégias de Saúde da Família (ESF) e no Ginásio Poliesportivo Dr. Luiz Gonzaga (Praça dos Ambientalistas, s/n, Jardim Rio Branco) de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h30.

Além disso, o Município oferece as vacinas em horário estendido, das 9h às 20h, no Brisamar Shopping (Rua Frei Gaspar, 365, Centro). O posto móvel fica no 3° andar, na loja 329 e funciona também aos sábados, das 10h às 18h.

Em São Vicente, 7.588 pessoas já receberam o imunizante de dose única. A recomendação é para que a dose de reforço seja também do imunizante da Janssen, mas outras vacinas podem ser utilizadas caso haja necessidade.

Imunossuprimidos

São considerados com alto grau de imunossupressão indivíduos que possuam imunodeficiência primária grave; transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 < 200 cel/mm³, pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise); pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias); pessoas que façam uso de drogas modificadoras da resposta imune (Metotrexato, Leflunomida, Micofenolato de mofetila, Azatiprina, Ciclofosfamida, Ciclosporina, Tacrolimus, 6-mercaptopurina, biológicos em geral, Inibidores da JAK); uso de corticóides em doses maior ou igual a 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 dias ou mais e que façam quimioterapia para câncer.

Foto: Arquivo