PUBLICIDADE

Santos / Esporte

Eliminação do Santos na Copa do Brasil provoca protestos da torcida; carro de Tardelli é fechado e depredado

Da Redação

A derrota por 1 a 0 para o Athletico/PR e a eliminação nas quartas de final da Copa do Brasil provocou protestos dos torcedores do Santos do lado de fora da Vila Belmiro.

Uma das organizadas do Peixe ficou perto da entrada e sa√≠da do √īnibus da delega√ß√£o amea√ßando “dar porrada” e chamando o time de “sem vergonha”.

Logo depois do jogo, quando estava pr√≥ximo do hotel em que est√° hospedado, o atacante Diego Tardelli, que entrou no segundo tempo da partida e fez sua estreia no Santos, viveu o que ele considerou “momentos de terror”. O carro em que estava foi fechado por outros e acabou quebrado.

“Quatro carros me seguiam at√© que paramos no sinal. Nisso, uns dois ou tr√™s me fecharam. N√£o tinha para onde correr. E come√ßaram a quebrar meu carro, falaram que eu ia morrer, aquela tortura que fazem quando as coisas n√£o v√£o bem. Contando alto, eram uns 10 v√Ęndalos”, disse o jogador, em postagem nas redes sociais.

Considerando-se “extremamente triste e chateado”, Tardelli n√£o condena a cobran√ßa da torcida, mas evidentemente que n√£o aceita que seja desta maneira.

“Torcida tem todo o direito de cobrar. A fase do time n√£o √© das melhores. Mas isso n√£o justifica passar pelo que eu passei. Em 15, 20 anos de carreira, √© a primeira vez que passo por isso”, desabafa.

Em nota, o Santos Futebol Clube se pronunciou:

“Sobre o epis√≥dio ocorrido durante a madrugada com o jogador Tardelli e com outros membros do elenco, com amea√ßas, persegui√ß√Ķes, emboscadas e atos de depreda√ß√£o, o Santos FC repudia veementemente a atitude de v√Ęndalos travestidos de torcedores e ressalta que dar√° todo o apoio para que as medidas legais sejam adotadas para o reconhecimento e a puni√ß√£o dos agressores.

O Clube n√£o reconhece essas pessoas como torcedores e sim como bandidos. A torcida tem o direito de protestar sobre os resultados, desde que de forma civilizada.”

Foto e vídeos: Reprodução Redes Sociais