PUBLICIDADE

Santos / Porto

SPA contrata empresa para projeto de novo acesso rodovi√°rio ao Porto

Da Redação

A Santos Port Authority (SPA), a antiga Codesp, contratou uma empresa para elaboração do projeto básico das obras do novo acesso rodoviário ao Porto de Santos, que ligará a Via Anchieta à avenida perimetral e faz parte do conjunto da nova entrada da cidade de Santos.

O contrato com a Empresa Brasileira de Engenharia de Infraestrutura (Ebei) foi publicado nesta segunda-feira (21) no Di√°rio Oficial da Uni√£o (DOU). Como parte do terreno estava fora da antiga √°rea do Porto Organizado, a aprova√ß√£o da nova poligonal, em 30 de junho √ļltimo, permitiu a conclus√£o do processo.

“A licita√ß√£o foi aberta h√° aproximadamente dois anos, mas a assinatura do contrato s√≥ foi poss√≠vel com a inclus√£o na √°rea do Porto Organizado do terreno por onde passar√° o novo viaduto. Isso demonstra o acerto da administra√ß√£o da SPA no planejamento e moderniza√ß√£o do Porto, em alinhamento √† pol√≠tica portu√°ria do Minist√©rio da Infraestrutura, que foi fundamental no encaminhamento da quest√£o”, afirma Bruno Stupello, diretor de Desenvolvimento de Neg√≥cios e Regula√ß√£o e que acumula, interinamente, a diretoria de Infraestrutura da SPA.

Valor e prazo

Com valor de aproximadamente R$ 3,5 milh√Ķes, o servi√ßo tem prazo contratual de 18 meses para sua finaliza√ß√£o. O projeto prev√™ um viaduto de entrada no Porto, sobre a via Anchieta, e outros viadutos para transposi√ß√£o de vias ferrovi√°rias.

O sistema vi√°rio ser√° composto ainda de rotat√≥rias, canteiro central e demais dispositivos de acesso necess√°rios √†s vias de conex√£o. Todas as interven√ß√Ķes previstas dever√£o conter os respectivos projetos de urbanismo, geom√©trico, geotecnia, drenagem, pavimenta√ß√£o, energia, ilumina√ß√£o, telefonia, l√≥gica e monitoramento, sinaliza√ß√£o vi√°ria e semaf√≥rica, obras de arte especiais, desvio de tr√°fego e remanejamento das interfer√™ncias.

A segunda entrada do Porto, al√©m de trazer mais seguran√ßa, dar√° mais agilidade no acesso rodovi√°rio aos terminais do complexo, ao segregar o tr√°fego de caminh√Ķes do tr√Ęnsito urbano e eliminar cruzamentos rodoferrovi√°rios, melhorando, assim, a rela√ß√£o Porto-Cidade.

Foto: Sérgio Furtado / Imagens Aéreas