PUBLICIDADE

Santos / Trânsito

Por segurança de pedestres e motoristas, lombadas são instaladas em dois bairros de Santos

Da Redação

Mais um ponto da Cidade passa a contar com lombada para ampliação da segurança no trânsito. É a Praça Fernandes Pacheco, altura do nº 10, no Gonzaga, onde a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos) concluiu, na quinta-feira (20), a pintura da sinalização da estrutura.

Esse é o segundo dispositivo instalado nos últimos dias. Na semana passada, esse mesmo tipo de redutor de velocidade foi colocado na Rua Governador Pedro de Toledo, aproximação com a Rua da Paz, no Boqueirão. Ainda no mesmo bairro, outra foi instalada na Rua Minas Gerais, altura da Rua Valdomiro Silveira.

No total, pelos diversos bairros da Cidade, incluindo morros e a Área Continental, há cerca de 150 lombadas. Existem ainda 23 vias que contam com lombofaixa (combinação de lombada física com faixa de pedestre).

Estudos

Com o grande número de semáforos no viário santista, a CET tem optado por lombada, faixa elevada e outros recursos de sinalização para aumentar as condições de segurança para pedestres e também condutores em ruas e avenidas.

A definição quanto ao dispositivo a ser instalado é baseada em estudo desenvolvido pela área de planejamento e projetos, considerando critérios técnicos como volume de veículos e pedestres que circulam pelo local e ocorrência de acidentes, entre outros parâmetros.

Escola

A mais recente lombada foi implantada em área onde está situada a escola municipal Leonor Mendes de Barros, para coibir a velocidade dos veículos em trânsito pela Praça Fernandes Pacheco, que faz ligação com vias da área comercial do Gonzaga. A sinalização inclui a pintura do próprio dispositivo e de legenda de solo (Devagar/Lombada). Os serviços para instalação envolvem também a Secretaria de Serviços Públicos (pavimento).

Crédito da foto: Anderson Bianchi/Divulgação Prefeitura Municipal de Santos