PUBLICIDADE

Arte

Mostra Cultural do Instituto Arte no Dique acontece neste sábado

Da Redação

Presente no calendário oficial de Santos, a Mostra Cultural Plínio Marcos, do Instituto Arte no Dique, chega à décima primeira edição neste sábado (27) a partir das 14h na sede da ONG (Rua Brigadeiro Faria Lima, 1349, Rádio Clube). A entrada é gratuita e serão seguidos protocolos em relação à Covid-19. Ano passado a mostra foi realizada de maneira virtual e agora retoma seu caráter presencial.

Será a chance do público poder conferir o resultado das oficinas culturais promovidas pela instituição ao longo do ano e que têm contribuído para a inclusão social por meio da arte, do esporte e do empreendedorismo. Dezenas de crianças e jovens farão parte das apresentações de Percussão, Dança, Game, Bateria, Taekwondo, Violão, Capoeira, Youtuber, Funcional Dance e Panificação.

Os alunos dessas oficinas e também de Manicure e Pedicure, ainda receberão os certificados. “Temos procurado acompanhar as transformações da sociedade. A Percussão, nosso carro-chefe até pela história do Instituto, está desde o começo, mas passamos inserir oficinas e atividades de acordo com a evolução dos acontecimentos, do que propicia oportunidades de aprendizagem e de profissionalização e do que há de moderno, como youtubers, games, etc”, explica o presidente da ONG José Virgílio Leal de Figueiredo.

Vale ressaltar que além de colocar em protagonismo crianças e jovens oriundos de uma comunidade onde está a maior favela sobre palafitas do país, a Mostra Cultural Plínio Marcos do Arte no Dique é vitrine para que surjam talentos. Exemplos desse trabalho de quase vinte anos de instituto são os músicos Jorge Henrique e Gabriel Prado, que tornaram-se profissionais em sua área respectivamente na França e na Itália.

Foto: Nice Gonçalvez/Divulgação