PUBLICIDADE

Região / Polícia

PM localiza 235 kg de drogas em Guaruj√° e apreens√Ķes da Opera√ß√£o Ver√£o j√° passam de 1 tonelada

A “Casa bomba” ficava no Morro do Engenho, foi encontrada nesta ter√ßa-feira (26), guardava drogas e um fuzil calibre 556.

 

Foto: Divulga√ß√£o / Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica de S√£o Paulo (SSP)

Da redação

A Pol√≠cia Militar Ambiental (PMA) apreendeu mais de 235 kg de drogas em uma ‚Äúcasa bomba‚ÄĚ localizada no Morro do Engenho, no Guaruj√°, nesta ter√ßa-feira (26). Al√©m das drogas, a a√ß√£o, em conjunto com a For√ßa Tarefa da Prefeitura de Guaruj√°, tamb√©m recolheu um fuzil calibre 556. Com isso, as apreens√Ķes de drogas na Opera√ß√£o Ver√£o somam mais de 1,2 tonelada.

Na ação, os agentes verificavam casos de invasão, desmatamento e procurar moradias inabitadas. Quando se aproximaram de um imóvel vazio, sentiram um forte cheiro de droga.

Ao entrarem no local, os agentes perceberam que se tratava de uma ‚Äúcasa bomba‚ÄĚ. L√° foram encontrados 235,7 quilos de cristais de metanfetamina e um tonel azul com √°cido. Al√©m das drogas, um fuzil calibre 556 foi apreendido, com 26 cartuchos √≠ntegros e um deflagrado.

Foi acionado o Instituto de Criminalística (IC) para identificação das drogas. O caso foi registrado pela Delegacia Seccional do Guarujá, onde o boletim de ocorrência foi registrado como localização/apreensão de objeto.

3¬į fase da Opera√ß√£o Ver√£o

Foto: Reprodução

 

Durante a Opera√ß√£o Ver√£o na Baixada Santista, iniciativa voltada ao combate √† criminalidade e a garantia da seguran√ßa da popula√ß√£o, 1.019 suspeitos foram presos, incluindo 413 procurados pela Justi√ßa. Al√©m disso, foram apreendidos 1,2 tonelada de drogas e 116 armas ilegais, incluindo fuzis de uso restrito. At√© o momento, 53 pessoas morreram em confronto com a pol√≠cia. Segundo a SSP, todos os casos de mortes em confronto s√£o rigorosamente investigados pela Pol√≠cia Civil e Militar, com acompanhamento do Minist√©rio P√ļblico e Poder Judici√°rio. A a√ß√£o policial n√£o tem mais data para acabar, segundo o Governo de S√£o Paulo.

A a√ß√£o policial foi desencadeada no dia 18 de dezembro do ano passado. Por√©m, a 2¬į e 3¬į fase dela, que desencadeou um grande refor√ßo policial, aconteceram ap√≥s a morte do soldado da Rota, Samuel Wesley Cosmo, no dia 2 de fevereiro, em Santos. Ka√≠que Coutinho do Nascimento, conhecido como ‚ÄúChip‚ÄĚ, de 21 anos, foi preso em Uberl√Ęndia, Minas Gerais, e √© acusado de matar o agente.