PUBLICIDADE

Região / Polícia

Secretário de Segurança de SP, Guilherme Derrite, faz balanço da Operação Verão no Litoral

Foram 604 criminosos presos, 68 armas apreendidas, entre elas um fuzil, e mais de 120 kg de drogas tiradas de circulação. Além disso, 21 pessoas morreram em confronto com a polícia. 

Vídeo: Instagram / Guilherme Derrite

Da redação

O secret√°rio de Seguran√ßa P√ļblica de S√£o Paulo, Guilherme Derrite, publicou nas redes sociais, nesta quarta-feira (14), um balan√ßo da Opera√ß√£o Ver√£o, que est√° na terceira fase.¬† (veja o v√≠deo acima)

Segundo Derrite, desde o início da operação foram 604 criminosos presos, 68 armas apreendidas, entre elas um fuzil, e mais de 120 kg de drogas tiradas de circulação. Além disso, 21 pessoas morreram em confronto com a polícia.

“Dentre esses presos, algumas pris√Ķes importantes, como a de uma criminosa, de nome Karen, de apelido “Japa”, apontada como sendo a respons√°vel por toda a lavagem de dinheiro do tr√°fico internacional de drogas. Tamb√©m do indiv√≠duo de nome Caio, de apelido Nego Boy, como sendo o l√≠der da fac√ß√£o criminosa do tr√°fico entorpecentes na comunidade, onde o soldado Cosmo infelizmente foi alvejado. E agora, nessa terceira fase da opera√ß√£o, infelizmente v√°rios confrontos aconteceram, entre eles um indiv√≠duo apontado como uma das maiores lideran√ßas do crime organizado aqui na Baixada foi neutralizado“, afirmou Derrite.

21¬į morte¬†

Um homem, de 33 anos, morreu durante um confronto com agentes da Polícia Militar (PM), na manhã desta quarta-feira (14), no Saboó, em Santos. Segundo a SSP, policiais militares estavam em diligências em uma região de tráfico de drogas quando foram surpreendidos com disparos na Rua da Colina.

No v√≠deo, o secret√°rio informou que um atirador participou da ocorr√™ncia e atingiu o indiv√≠duo. “O atirador √© uma ferramenta operacional para a prote√ß√£o da tropa, que estava em uma comunidade, averiguando o tr√°fico de entorpecentes, inclusive com indiv√≠duos armados. Isso fez com que ele pudesse proteger as equipes em solo e efetuou um disparo de cerca de 60 metros de dist√Ęncia, neutralizando esse criminoso.

De acordo com Derrite, a a√ß√£o policial traz mais seguran√ßa para a regi√£o. “Os¬†resultados at√© aqui mostram que o combate ao crime tem tido uma grande efic√°cia e mais do que isso. Buscamos aumentar a presen√ßa policial dando uma percep√ß√£o, uma sensa√ß√£o de seguran√ßa muito maior para a popula√ß√£o‚ÄĚ, completa.

Indivíduo que matou PM preso 

Foto: Reprodução

 

A Pol√≠cia Militar de Minas Gerais (PM-MG) prendeu na tarde desta quarta-feira (14), em Uberl√Ęndia, Kaique Coutinho do Nascimento, de 21 anos, vulgo “Chip” apontado como o homem que matou o soldado da equipe da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) Cosmo, no √ļltimo dia 2 de fevereiro.

Segundo informa√ß√Ķes da PM-MG, a corpora√ß√£o recebeu a informa√ß√£o de tr√°fico de drogas nas proximidades do bairro G√°vea Sul. Quando chegaram ao local indicado, os policiais encontraram dois homens, um deles j√° conhecido pela pol√≠cia.

Ao ser abordado, Kaique apresentou um nome falso, mas posteriormente os policiais conseguiram checar a verdadeira identidade do criminoso e souberam que havia um mandado de prisão contra ele expedido pela Justiça de São Paulo.

Com a dupla foram apreendidos R$ 10 mil, cerca de 20 muni√ß√Ķes e por√ß√Ķes de drogas. Al√©m do mandado que havia contra Kaique, ele e o outro homem foram presos em flagrante por tr√°fico.

Ao ser preso, Kaique confessou aos policiais ter matado o soldado da ROTA. Ainda n√£o h√° informa√ß√Ķes sobre a transfer√™ncia dele para S√£o Paulo.

Operação Verão

Foto: Divulgação / Polícia Militar (PM)

A terceira fase da opera√ß√£o recebe o acr√©scimo de mais de 400 policiais que est√£o atuando na Baixada Santista para combater o crime organizado. A a√ß√£o foi desencadeada ap√≥s a morte do cabo Jos√© Silveira dos Santos, morto por criminosos na √ļltima quarta-feira (7).

Transferência de gabinete

Foto: Secret√°ria de Seguran√ßa P√ļblica (SSP)

Ap√≥s a morte do cabo da Pol√≠cia Militar (PM), Jos√© Silveira dos Santos, do 2‚Āį Batalh√£o de A√ß√Ķes Especiais de Pol√≠cia (BAEP), Guilherme Derrite, anunciou a transfer√™ncia tempor√°ria do gabinete dele para Santos.

O secret√°rio e os chefes das for√ßas de seguran√ßa, Coronel PM C√°ssio Ara√ļjo de Freitas, e o delegado-geral, Artur Dian, permanecer√£o na Baixada Santista acompanhando as a√ß√Ķes de combate √† criminalidade e as buscas pelos suspeitos de envolvimento nas mortes de dois policiais militares que atuavam na Opera√ß√£o Ver√£o.